Participe da maratona de Messier de 2021!

~3 min
Participe da maratona de Messier de 2021!

De meados de março a início de abril, observadores de estrelas de todo o mundo poderão participar de um desafio empolgante: a maratona de Messier. No artigo de hoje, vamos contar o que são os objetos de Messier e como você pode participar da maratona.

O que são os objetos de Messier?

Em 1774, o astrônomo francês Charles Messier publicou seu catálogo astronômico. Como ele era famoso por ser obcecado por cometas, ele criou uma lista de objetos do céu profundo que poderiam ser confundidos com cometas e que poderiam atrapalhar suas observações. Na lista havia nébulas, aglomerados estelares e galáxias. A primeira versão do catálogo continha apenas 45 objetos, mas, posteriormente, o número aumentou para 110. Hoje, esses 110 objetos do céu profundo são conhecidos como os objetos de Messier. Você pode conferir o mapa interativo dos objetos de Messier criado pela NASA.

Como Charles Messier fazia suas observações na França, sua lista inclui apenas os objetos visíveis a partir de uma parte específica do Hemisfério Norte. Por exemplo, não inclui a Grande e a Pequena Nuvem de Magalhães, visíveis apenas do Hemisfério Sul.

O que é a maratona de Messier?

A ideia da maratona de Messier é simples, mas desafiante: observar o maior número possível de objetos do catálogo de Messier durante uma única noite. Em 1985, Gerry Rattley, de Dugas, no Arizona, comprovou que ele conseguiu observar todos os 110 objetos de Messier na mesma noite. Porém, para muitas pessoas, essa tarefa será impossível, porque nem todos os objetos são visíveis de todos os lugares da Terra.

As localizações ideais para a maratona podem ser encontradas em baixas latitudes – entre 10º e 25º ao Norte. A melhor época para a observação é de meados de março a início de abril, especialmente durante as noites escuras próximas da Lua Nova. Se você mora no Hemisfério Sul, não desanime: ainda pode observar grande parte dos objetos de Messier, só não todos eles.

Do que necessito para participar da maratona de Messier?

Mesmo que você não tenha nenhum equipamento ou experiência em astronomia, ainda poderá participar da maratona, porque é possível ver alguns dos objetos de Messier a olho nu! Para exemplificar, é possível observar a Nébula Órion (M42), o aglomerado estelar Plêiades (M45), o Grande Aglomerado Globular de Hércules (M13) e a Galáxia Andrômeda (M31). Para encontrar esses objetos no céu, use o aplicativo Star Walk 2. Toque no ícone de lupa no canto inferior esquerdo da tela e digite o nome do objeto ou simplesmente a sua designação do catálogo Messier (por exemplo, “M42”). Em seguida, toque no resultado da busca e você verá a localização exata do objeto no céu.

Se você estiver levando a sério a tarefa de avistar o maior número que conseguir de objetos do céu profundo na mesma noite, precisará de alguns preparativos. Primeiro, precisará de um instrumento de observação: binóculos com ampliação de 20x ou um telescópio amador serão suficientes. Segundo, precisará saber com antecedência a ordem em que verá os objetos de Messier, porque objetos diferentes são mais visíveis em horários diferentes durante a noite. Na internet, você encontra listas dos objetos de Messier já organizados na ordem correta. Por exemplo, você pode baixar a lista da Sequência de Busca da Maratona de Messier, adequada para latitudes nortes de 20º a 40º.

Não deixe de usar o aplicativo Star Walk 2 durante as suas observações, pois ele ajudará você a localizar os objetos de Messier. Para preservar a sua visão noturna, ative o Modo Noturno no app: toque no ícone de Menu no canto inferior direito, acesse Configurações e toque em “Modo Noturno”. A interface ficará vermelha para ajudar a adaptar os seus olhos à escuridão.

Esperamos que, com a sua participação na maratona de Messier, você se inspire a se aprofundar no mundo maravilhoso da astronomia. Desejamos um céu claro e boas observações a você!

Crédito Texto:
Crédito de imagem:Vito Technology, Inc.
Trustpilot