O que é Saturno: Planeta Ostentando Anéis, Luas e Mais

~12 min

Adornado com belos anéis brilhantes, Saturno costuma ser chamado de "a joia do Sistema Solar". No artigo de hoje, vamos contar mais sobre esse formidável gigante gasoso.

Conteúdo

Fatos sobre o planeta Saturno

  • Tipo de planeta: gigante gasoso
  • Raio: 58.232 km
  • Massa: 5,6834×10^26 kg
  • Afélio: 1,51 bilhão de km
  • Periélio: 1,35 bilhão de km
  • Distância média da Terra: 1,4 bilhão de km
  • Temperatura da superfície: −185 °C a −122 °C
  • Duração do dia solar: 10 h 32 min
  • Duração do dia sideral: 10 h 33 min
  • Duração do ano: 29,4571 anos terrestres
  • Idade: 4,503 bilhões de anos
  • Batizado em homenagem a: deus romano da agricultura

Qual é o tamanho de Saturno?

Junto com Júpiter, Urano e Netuno, Saturno é considerado um planeta gigante. Vamos descobrir alguns detalhes curiosos sobre o tamanho desse incrível planeta.

Tamanho de Saturno

Com um raio de 58.232 quilômetros, Saturno é o segundo maior planeta do nosso Sistema Solar – apenas o seu gigante gasoso companheiro, Júpiter, é maior. Para fazer uma viagem ao redor do equador do planeta, seria preciso percorrer uma distância de 365.882 quilômetros!

Quantas Terras cabem dentro de Saturno?

O raio de Saturno é cerca de 9,5 vezes maior que o do nosso planeta; além disso, o gigante gasoso é mais de 95 vezes mais massivo. Para dar uma ideia melhor do tamanho de Saturno, podemos dizer que cerca de 764 Terras caberiam dentro do planeta anelado.

A órbita e a rotação de Saturno

Todo planeta do Sistema Solar leva um certo tempo para completar uma órbita em torno do Sol e uma rotação em torno de seu eixo. Aqui na Terra, esses períodos duram 365,25 dias e 24 horas, respectivamente, mas, em Saturno, é tudo diferente.

Qual é a duração de um dia em Saturno?

Saturno tem o segundo dia mais curto entre os planetas do Sistema Solar: ele leva apenas 10 horas e 32 minutos para girar uma vez. Apenas Júpiter gira mais rápido. Devido à sua rotação em alta velocidade, Saturno fica abaulado no equador e achatado nos polos.

Qual é a duração de um ano em Saturno?

De forma muito semelhante a Júpiter, Saturno gira muito depressa sobre seu eixo, mas não tem pressa para completar uma única órbita em torno do Sol. A velocidade com que Saturno orbita o Sol é consideravelmente lenta. Um único ano no planeta dura 29,4571 anos terrestres ou 10.759 dias terrestres.

A que distância está Saturno?

Saturno é o sexto planeta a partir do Sol. Bilhões de quilômetros o separam do Sol e da Terra.

Qual é a distância entre Saturno e o Sol?

O planeta anelado orbita o Sol a uma distância de cerca de 9,5 UA – 9,5 vezes a distância entre a Terra e a nossa estrela. Essa distância é igual a 1,486 bilhão de quilômetros.

Qual é a distância entre Saturno e a Terra?

À medida que Saturno e a Terra viajam pelo espaço, a distância entre eles está sempre mudando. Na aproximação mais estreita, os corpos celestes ficam a cerca de 1,195 bilhão de quilômetros de distância; no seu ponto mais distante, a separação entre o nosso planeta e o gigante gasoso é de cerca de 1,66 bilhão de quilômetros.

Quanto tempo leva para chegar a Saturno?

São dois os fatores que determinam a duração de uma viagem a Saturno: a rota selecionada para a missão e a velocidade da espaçonave. Por exemplo, a missão Voyager 1 levou 3 anos e 2 meses para chegar, enquanto a nave espacial Cassini levou 6 anos e 9 meses.

Do que Saturno é feito?

Curiosamente, o gigante gasoso consiste principalmente nos mesmos componentes que o Sol; no entanto, o planeta não tem a massa necessária para sofrer fusão e alimentar uma estrela.

A formação de Saturno

Como o resto dos planetas do Sistema Solar, Saturno formou-se a partir da nebulosa solar. Cerca de 4,5 bilhões de anos atrás, a gravidade puxou gás e poeira para formar Saturno. O planeta se acomodou na sua posição atual como o sexto planeta a partir do Sol há cerca de 4 bilhões de anos.

A estrutura de Saturno

Saturno é um gigante gasoso feito quase que inteiramente de hidrogênio e hélio. Existe um núcleo metálico denso no centro do planeta. Ele é envolto por hidrogênio metálico líquido e uma camada de hidrogênio líquido; a última faz uma transição gradual para um gás. A camada mais externa de gás de Saturno abrange 1.000 km.

A superfície de Saturno

Saturno não tem uma superfície sólida: se você tentasse andar na superfície do planeta, iria afundar através da sua parte externa, sofrendo altas temperaturas e pressões. A superfície do planeta é formada principalmente por gases rodopiantes.

As luas de Saturno

Saturno superou Júpiter como o planeta com o maior número de luas em 2019, quando pesquisadores americanos descobriram 20 novos satélites orbitando o planeta. Os satélites naturais de Saturno são numerosos e diversos: o planeta anelado e suas luas se assemelham a um Sistema Solar em miniatura. De acordo com a NASA, Saturno tem 146 luas.

Titã: a maior lua de Saturno

Com um raio de 2.574 quilômetros, Titã é o maior satélite natural de Saturno e o segundo maior no Sistema Solar, depois de Ganimedes, lua de Júpiter. É até mesmo maior que o planeta Mercúrio! Titã compõe 96% da massa em órbita ao redor de Saturno.

Titã é um corpo celeste extraordinário: é a única lua do Sistema Solar inteiro com uma atmosfera densa como a da Terra e o único lugar, com exceção da Terra, que possui líquidos em sua superfície. Como a temperatura da superfície é frígida, não há nenhuma água no estado líquido na superfície de Titã; no entanto, a temperatura é adequada para metano e etano líquidos. Além disso, foi encontrada evidência de um oceano subsuperficial de água; dentro desse oceano, é possível que haja condições adequadas para vida.

O céu em Titã possui um tom alaranjado nebuloso; Saturno pode ser visto através da neblina do lado de Titã que fica permanentemente voltado para o planeta dos anéis. Visto da superfície de Titã, Saturno parece cerca de 11 vezes maior no céu do que a Lua a partir da Terra. Impressões de artistas podem nos ajudar a visualizar a vista de Saturno a partir de Titã.

Encélado: lua oceânica gelada

Encélado é coberto por gelo fresco e limpo, tornando-o um dos corpos mais reflexivos do Sistema Solar. Ele também é a principal fonte de material para o anel E de Saturno. O material escapa de Encélado através de jatos semelhantes a géiseres perto do polo sul da lua. É composto por vapor de água, hidrogênio molecular, outros voláteis e material sólido, incluindo cristais de cloreto de sódio e partículas de gelo.

Além disso, a lua tem um oceano de água salgada sob o gelo, que poderia ser um possível habitat para a vida. Ainda não foi provado por missões espaciais, mas os estudos matemáticos mostram que as condições no oceano de Encélado podem ser semelhantes às encontradas nas partes mais profundas e escuras dos oceanos da Terra, que abrigam micróbios.

Mimas: a menor e mais interna das principais luas de Saturno

Com um raio de menos de 198 km, Mimas não conseguiu se tornar arredondada. Então, é um pequeno ovoide, quase inteiramente feito de gelo, como uma bola de neve espacial áspera. Mimas tem uma cratera de impacto gigante chamada Herschel, em homenagem ao descobridor da lua. A cratera se estende por 130 quilômetros através da lua, fazendo com que pareça a Estrela da Morte de Star Wars.

Os anéis de Saturno

Saturno é mais conhecido por um sistema grande e distinto de anéis gelados. O planeta tem 7 anéis principais, que por sua vez são compostos por milhares de pequenos anéis. Os anéis de Saturno se estendem a uma distância de até 282.000 quilômetros do planeta. Eles estão relativamente perto uns dos outros; no entanto, existem lacunas no sistema de anéis de Saturno – a mais proeminente, conhecida como Divisão de Cassini, possui 4.700 quilômetros de largura.

Por que Saturno tem anéis?

Há várias hipóteses sobre as origens dos anéis de Saturno. Alguns astrônomos acreditam que eles sejam pedaços de cometas, asteroides ou até mesmo luas dilacerados e apanhados pela poderosa gravidade do planeta. Outros supõem que os anéis sejam resquícios do material nebular que formou Saturno.

Qual é a composição dos anéis de Saturno?

Os anéis de Saturno são compostos principalmente por bilhões de partículas de água em forma de gelo com um componente resquicial de material rochoso. As partículas variam em tamanho, de grãos de areia a pedaços do tamanho de casas; algumas são tão grandes quanto uma montanha!

Por que os anéis de Saturno são tão brilhantes? Provavelmente porque são relativamente massivos e feitos de material refletor (água em forma de gelo) e, portanto, retrodifundem a luz solar de forma eficaz. Além disso, os cientistas supõem que os anéis sejam relativamente jovens e, portanto, ainda não tenham acumulado poeira.

Qual é a cor dos anéis de Saturno?

Em sua maioria, os anéis têm cores de bronze ou areia; no entanto, outras variações de cores também são visíveis. Como os anéis de Saturno são feitos predominantemente de gelo proveniente de água (gelo puro é branco), cores diferentes podem resultar de contaminação por materiais como compostos rochosos ou carbônicos.

Missões para Saturno

Saturno é um destino bastante raro para missões espaciais. A primeira sonda a visitar o planeta anelado foi a Pioneer 11, da NASA, lançada em 1973. Ela adquiriu imagens em baixa resolução de Saturno e descobriu o fino anel F. Em 1977, a NASA lançou mais duas missões, Voyager 1 e Voyager 2, que forneceram aos cientistas dados valiosos sobre Saturno, suas luas e anéis, e milhares de imagens em alta resolução. As sondas gêmeas ainda estão fazendo sua longa jornada: elas estão explorando o espaço interestelar, onde nada da Terra esteve antes.

Lançada em 1997, Cassini–Huygens foi a quarta sonda espacial a visitar Saturno e a primeira a entrar em sua órbita. A missão incluiu a sonda Cassini, da NASA, e a sonda Huygens, da ESA, o primeiro objeto feito pelo homem a atingir a superfície de Titã e a pousar no Sistema Solar exterior. Além disso, a Cassini foi a primeira missão a obter amostras de um oceano extraterrestre. A missão terminou em 2017, tendo completado 293 órbitas ao redor do planeta anelado.

Em 2027, será lançada mais uma missão a Saturno. A missão Dragonfly, da NASA, chegará a Titã em 2036 para explorar essa lua e investigar a sua habitabilidade.

Como é a aparência de Saturno da Terra?

Saturno é o mais distante dos cinco planetas (os outros quatro são Mercúrio, Vênus, Marte e Júpiter) visíveis da Terra a olho nu. Saturno brilha como uma "estrela" dourada moderadamente brilhante. Com binóculos comuns, você verá o planeta como uma elipse dourada. No entanto, seus famosos anéis e incríveis luas só são visíveis por telescópio.

Como é a aparência de Saturno da Terra?

O melhor momento para observar Saturno é na sua oposição, quando o planeta aparece no auge do seu brilho e tamanho para o observador terrestre.

E se dissermos que Saturno se parece muito com uma chaleira? Confira nosso quiz maluco sobre comida espacial, onde comidas deliciosas representam objetos celestes.

Food Quiz Intro 2
Satisfaça o seu apetite por conhecimento e comida requintada! Olhe para imagens geradas por IA de refeições deliciosas e tente adivinhar que objetos espaciais elas simbolizam.
Responda ao questionário!

Onde está Saturno esta noite?

Os aplicativos astronômicos Star Walk 2 e Sky Tonight o ajudarão a encontrar Saturno no céu acima de você e determinar o melhor horário de visualização para sua localização.

Como ver Saturno com o Star Walk 2?

Você pode encontrar Saturno com Star Walk 2 em algumas etapas:

  • Toque na lupa no canto inferior esquerdo da tela principal.
  • Digite "Saturno" na barra de pesquisa e você verá o planeta nos resultados da pesquisa. Se o nome do planeta estiver em branco, ele estará atualmente no céu. Se estiver cinza, o planeta ainda não está visível em seu céu. Você verá os horários de nascer e pôr do planeta abaixo do nome.
  • Toque no planeta e siga a seta branca até ver Saturno na tela. O planeta no céu real acima de você está na mesma direção que o aplicativo mostra.
Saturno em Star Walk 2
Com Star Walk 2, você pode facilmente encontrar Saturno e outros objetos celestes no céu acima de você.

Como ver Saturno com Sky Tonight?

Use a busca no aplicativo Sky Tonight para encontrar Saturno e saber mais sobre ele:

  • Toque no ícone da lupa na parte inferior esquerda da tela principal.
  • Digite "Saturno" na barra de pesquisa e você verá o planeta nos resultados.
  • Toque no resultado correspondente para saber mais sobre o planeta nas seções Info, Figures e Events.
  • Toque no botão de alvo no canto inferior direito da tela. O aplicativo mostrará a localização do planeta no mapa celeste.
  • Toque no botão da bússola no canto inferior direito da tela. O mapa celeste do aplicativo corresponderá ao céu em sua localização em tempo real. Siga a seta branca até ver Saturno na tela. O planeta no céu real está na direção que o aplicativo está mostrando.
Saturno em Sky Tonight
Sky Tonight o ajudará a encontrar Saturno acima de você e aprender todos os detalhes importantes sobre o planeta.

Próximos eventos

Aqui estão os próximos eventos astronômicos apresentando Saturno. Mais eventos astronômicos estão listados no calendário Sky Tonight: basta lançar o aplicativo e tocar no ícone do calendário na parte inferior da tela para encontrar os eventos de observação das estrelas para cada dia.

10 de abril: Marte-Saturno

Em 10 de abril, às 18:46 GMT, Marte (mag 1,2) passará a 0°24' de Saturno (mag 1,1) na constelação de Aquário. Ambos os planetas serão visíveis a olho nu. Os observadores no Hemisfério Sul poderão ver os planetas alto acima do horizonte leste pela manhã. No Hemisfério Norte, a vista será mais pobre, pois os planetas estarão mais próximos do horizonte leste, surgindo pouco antes do nascer do sol.

20 de abril: Saturno em um alinhamento planetário

Na manhã de 20 de abril, ocorrerá um alinhamento planetário com Saturno. Cinco planetas – Marte, Saturno, Netuno, Vênus, Mercúrio, Júpiter e Urano – se alinharão no céu. Você precisará de um par de binóculos para ver Netuno e Urano, mas poderá avistar os outros planetas a olho nu. Confira nosso artigo dedicado para dicas sobre como observar o alinhamento planetário e a ciência por trás deste evento celestial.

3 de maio: Saturno ao lado da Lua; ocultação lunar de Saturno

  • Início da ocultação: 21:27 GMT
  • Fim da ocultação: 23:10 GMT
  • Hora da conjunção: 22:26 GMT
  • Distância da conjunção: 0°48'
  • Hora da aproximação mais próxima: 23:05 GMT
  • Distância da aproximação mais próxima: 0°45'

Em 3 de maio, a Lua iluminada em 32.3% e Saturno (mag 1.2) se encontrarão na constelação de Aquário. O planeta nascerá de manhã e será visível a olho nu. Além disso, uma ocultação lunar de Saturno será visível da Antártida.

31 de maio: Saturno próximo à Lua; ocultação lunar de Saturno

  • Início da ocultação: 06:23 GMT
  • Fim da ocultação: 10:30 GMT
  • Horário da conjunção: 08:01 GMT
  • Distância da conjunção: 0°24'
  • Horário de aproximação próxima: 08:24 GMT
  • Distância de aproximação próxima: 0°20'

Em 31 de maio, a Lua iluminada em 46,7% e Saturno (mag 1,2) se encontrarão na constelação de Aquário. O planeta surgirá pela manhã e será visível a olho nu ao lado do disco lunar meio iluminado. Além disso, uma ocultação lunar de Saturno será visível sobre o Oceano Atlântico Sul e o sul da África.

Dúvidas frequentes

Que tipo de planeta é Saturno?

Saturno é um gigante gasoso composto principalmente de hidrogênio e hélio. Os outros planetas gigantes gasosos em nosso Sistema Solar são Júpiter, Urano e Netuno. Este grupo também é conhecido como os planetas Jovianos.

De que cor é Saturno?

A atmosfera de Saturno é formada principalmente por hidrogênio e hélio, com traços de amônia, fosfina e hidrocarbonetos, o que dá ao planeta uma cor pastel castanho-amarelada.

Quando Saturno foi descoberto?

O planeta anelado é conhecido desde os tempos pré-históricos; astrônomos antigos observavam e registravam seus movimentos de forma sistemática. Galileu Galilei foi o primeiro a observar Saturno através de um telescópio primitivo, em 1610. Os anéis de Saturno eram desconhecidos até que o astrônomo holandês Christiaan Huygens os viu em 1659, usando um telescópio mais poderoso.

Quantos anéis tem Saturno?

Saturno tem sete anéis grandes, que receberam seus nomes em ordem alfabética e na ordem em que foram descobertos. Os principais são os anéis A, B, e C; eles são mais densos e contêm partículas maiores. Os anéis D, E e G mais fracos também são conhecidos como "anéis de poeira", devido às suas partículas pequenas. O anel F (o mais externo) contém partes bastante densas, mas também contém uma grande quantidade de pequenas partículas, o que dificulta sua categorização. Cada anel consiste em milhares de outros anéis mais estreitos, de modo que o número exato seja desconhecido.

Quantas luas tem Saturno?

Até agora, os cientistas encontraram 146 luas de Saturno: 66 delas são conhecidas, enquanto outras 80 estão aguardando confirmação de sua descoberta e nome oficial. Os satélites naturais do planeta anelado variam em tamanho, forma e composição. Alguns deles levam meio dia terrestre para completar a órbita ao redor de Saturno, enquanto outros demoram cerca de quatro anos terrestres para viajar uma vez em torno do planeta.

Por que Júpiter é mais denso que Saturno?

Júpiter é três vezes mais massivo que Saturno e, consequentemente, tem uma gravidade maior. A gravidade torna o maior planeta do Sistema Solar mais denso que o outro gigante gasoso. Leia mais sobre Júpiter em nosso artigo dedicado.

Saturno é capaz de abrigar vida?

Saturno não satisfaz as condições necessárias para abrigar a vida como a conhecemos. No entanto, alguns satélites do planeta anelado, particularmente Titã e Encélado, podem ser capazes de abrigar vida. A superfície de Titã é um dos lugares mais semelhantes à Terra em todo o Sistema Solar, e Encélado abriga um oceano subterrâneo com os ingredientes necessários para a vida emergir.

Você sabia?

  • Saturno é o único planeta do Sistema Solar cuja densidade média é inferior à da água: se fosse possível colocar o gigante gasoso numa banheira colossal, ele flutuaria!

  • O gigante gasoso é coberto de camadas de nuvens e pode apresentar ventos extremamente velozes: eles podem atingir velocidades de 1.800 quilômetros por hora, enquanto os ventos mais fortes na Terra têm uma velocidade de cerca de 396 quilômetros por hora.

  • Uma das características únicas do planeta anelado é um padrão persistente de nuvens em torno do seu polo norte. Esse padrão é conhecido como hexágono de Saturno.

  • Perto da oposição, os anéis de Saturno parecem excepcionalmente brilhantes – esse fenômeno é conhecido como o efeito de oposição ou Efeito Seeliger.

  • Embora Saturno tenha os anéis mais proeminentes e mais famosos do Sistema Solar, outros três planetas gigantes (Júpiter, Urano e Netuno) também têm sistemas de anéis.

Aprenda mais fatos interessantes sobre os planetas do Sistema Solar com nosso quiz divertido. Aceite o desafio e expanda seu conhecimento cósmico!

Conclusão

Saturno é um gigante gasoso com o sistema de anéis mais grande e proeminente. Possui o maior número de luas no Sistema Solar, algumas das quais podem potencialmente abrigar vida. Você pode facilmente encontrar o planeta acima de você com a ajuda de aplicativos astronômicos como Star Walk 2 e Sky Tonight. Aproveite para ver Saturno agora, quando está no seu tamanho e brilho máximos!

Crédito Texto:
Trustpilot