Conheça o "cometa natalino"!

~3 min
Conheça o "cometa natalino"!

O cometa Leonard, descoberto no início de 2021, chegará mais perto da Terra em dezembro — daí o apelido de “cometa natalino”. Continue lendo para descobrir quando e como ver o cometa mais brilhante do ano no céu.

O que é o cometa Leonard?

Em 3 de janeiro de 2021, o astrônomo americano Gregory J. Leonard descobriu um novo cometa no Observatório Mount Lemmon, no Arizona, EUA. Foi batizado de C/2021 A1 (Leonard) – a letra “C” significa “cometa não periódico”, e “2021 A1” indica que ele foi o primeiro cometa descoberto na primeira quinzena de janeiro de 2021.

Uma característica específica do cometa Leonard é a sua velocidade incrível: cerca de 70 km/s! Ele está se deslocando 6 km/s mais rápido do que o cometa Neowise, do ano passado. Por causa dessa velocidade, a posição do cometa no céu mudará todos os dias quando o observarmos daqui da Terra.

O cometa Leonard tem uma trajetória hiperbólica, o que significa que ele atravessará o Sistema Solar apenas uma vez e depois se afastará de nós e nunca mais voltará. Portanto, você só terá uma chance de vê-lo.

Quando o cometa Leonard estará mais visível?

O cometa ficará mais próximo da Terra e será melhor visível em 12 de dezembro de 2021. Ele passará pelo nosso planeta a uma distância de 34 milhões de quilômetros, brilhando com uma magnitude de cerca de 4. Como o cometa estará posicionado entre o Sol e a Terra nesse momento, sua magnitude pode chegar a 1 devido ao efeito de dispersão troposférica. Isso significa que você poderá ver o cometa Leonard através de binóculos ou mesmo a olho nu!

Qual será a aparência do cometa Leonard?

Quando o cometa atingir o brilho máximo, ele terá uma cauda de poeira e uma cauda de gás. A cauda de poeira terá o formato de um espigão. Isso acontecerá porque, em 8 de dezembro, a Terra cruzará o plano orbital do cometa, e os observadores verão a cauda de poeira de lado. O ângulo de visão fará com que a cauda se estreite e se ilumine um pouco.

O cometa Leonard já criou uma longa cauda de gás (íon) — agora tem o dobro do tamanho angular de uma Lua cheia! A direção das caudas de gás e de poeira será a mesma durante a maior parte do tempo em que o cometa estará observável. Somente no período de 10 a 13 de dezembro, as duas caudas formarão um ângulo visível que não ultrapassará 30°.

O cometa também pode ter uma anticauda que parecerá apontar na direção oposta às outras caudas — em direção ao Sol. Na verdade, uma anticauda é uma ilusão de ótica que é criada quando vemos partículas maiores de poeira depositadas ao longo da órbita de um cometa.

Quando posso começar a observar o cometa Leonard?

Se você mora nas latitudes médio-setentrionais, pode começar a observar já o cometa! No momento, o cometa Leonard tem uma magnitude visual de cerca de 5; ele pode ser visto através de um telescópio ou de binóculos durante a madrugada. Procure o cometa na constelação de Boötes (Boieiro), abaixo da Ursa Maior. Um bom ponto de referência será Arturo — a estrela mais brilhante em Boötes e uma das estrelas mais brilhantes do céu. O cometa passará perto de Arturo em 6 e 7 de dezembro.

Quando o cometa Leonard atingir o brilho máximo em 12 de dezembro, estará posicionado na constelação de Ofiúco. Até essa data — se você tiver sorte — ele pode ficar visível a olho nu!

Na segunda metade de dezembro, o cometa se deslocará para o hemisfério celestial sul. No dia de Natal (25 de dezembro), o cometa Leonard será visível do Hemisfério Sul na constelação de Microscópio. Para localizar rapidamente o cometa no céu, use nossos aplicativos de observação das estrelas: Sky Tonight ou Star Walk. Abra qualquer um desses apps, toque no ícone da lupa, digite “Leonard” no campo de busca, e o app mostrará a localização exata do cometa.

O cometa Leonard está se desintegrando?

Alguns observadores expressaram preocupação com o "bem-estar" do cometa Leonard. Confira os principais sinais de que o cometa poderia estar se despedaçando:

  • Não está iluminando com tanta rapidez quanto de costume;
  • Sua cauda ficou achatada no lado virado para o Sol;
  • Parece que ele está sendo afetado pelas forças não gravitacionais causadas pelos gases deixando sua superfície.

Porém, ainda é muito cedo para afirmar se o cometa está em perigo. Tudo o que podemos fazer é aguardar e torcer pelo melhor.

O cometa Leonard pode não se tornar "o novo Neowise", mas ainda pode dar um show astronômico espetacular no fim de 2021. Vamos ficar torcendo por isso! Desejamos um céu limpo e boas observações a você!

Crédito Texto:
Crédito de imagem:Vito Technology, Inc.
Trustpilot