Objetos do céu profundo de fevereiro de 2023

~4 min
DSO in February

Descubra quais objetos notáveis do céu profundo estão bem posicionados para observações em fevereiro! Para saber quando um objeto está visível na sua localização, use o aplicativo Sky Tonight.

Índice

Observe que, para os locais onde os objetos estão visíveis, eles culminarão (subirão até o ponto mais alto do céu) por volta da meia-noite, hora local.

O que são objetos do céu profundo?

O termo “objetos do céu profundo” denota três tipos de objetos espaciais que existem fora do nosso Sistema Solar: galáxias, nebulosas e aglomerados estelares. Eles estão listados em dezenas de catálogos do céu profundo, sendo os mais populares entre os astrônomos amadores o catálogo Messier (110 entradas) e o catálogo NGC (7850 entradas). Os astrônomos também usam outros catálogos que listam diferentes tipos de objetos do céu profundo:

  • Caldwell (aglomerados estelares, nebulosas, galáxias);
  • Collinder (aglomerados estelares abertos);
  • Melotte (aglomerados abertos e globulares);
  • IC (aglomerados estelares, nebulosas, galáxias);
  • Barnard (nebulosas escuras);

e muitos outros.

Você pode explorar esses catálogos no aplicativo de astronomia Sky Tonight, que inclui mais de 90.000 objetos do céu profundo. Todos eles estão disponíveis gratuitamente! Para encontrar um objeto de seu interesse, toque no ícone da lupa, digite o nome do objeto ou a designação do catálogo no campo de busca e escolha-o na lista. O aplicativo mostrará informações detalhadas sobre ele. Para localizar esse objeto no céu acima, toque no ícone do alvo.

NGC 2808

  • Data: 8 de fevereiro de 2023
  • Magnitude: 6,2
  • Constelação: Quilha
  • Iluminação da Lua: 95%
  • Melhor observado a partir de: latitudes ao sul de 5° N
  • Como observar: não é possível ver o NGC 2808 a olho nu; ele só é visível através de binóculos ou de um pequeno telescópio. Nas latitudes do sul, até o momento em que esse aglomerado estelar tiver subido até o seu ponto mais alto no céu noturno, a lua minguante convexa estará posicionada perto do horizonte e não interferirá nas observações.
  • Descrição: o NGC 2808 é um dos aglomerados estelares globulares mais massivos da Via Láctea — ele contém milhões de estrelas. Estima-se que tenha 12,5 bilhões de anos.

Galáxia de Bode (M81, NGC 3031) 🌟

  • Data: 19 de fevereiro de 2023
  • Magnitude: 6,9
  • Constelação: Ursa Maior
  • Iluminação da Lua: 3%
  • Melhor observado a partir de: latitudes ao norte de 0° Como observar: veja a M81 com um par de binóculos ou qualquer telescópio (aquele com uma abertura de 8" ou mais mostrará mais detalhes sob céus escuros). Essa galáxia é brilhante o suficiente para ser vista sob um céu com poluição luminosa. A Lua Nova não atrapalha a visualização. Localize a Galáxia de Bode a cerca de 10° a noroeste de Dubhe, no canto da tigela do Grande Carro.
  • Descrição: a Galáxia de Bode (M81 ou NGC 3031) é uma galáxia espiral grande e brilhante que também é conhecida como a galáxia espiral do “grande design”. Isso significa que a forma da galáxia é claramente definida e tem uma estrutura espiral bem organizada. Descoberta pela primeira vez por Johann Elert Bode em 1774, a M81 é por vezes referida como "Galáxia de Bode". É uma das galáxias mais brilhantes do nosso céu noturno!

NGC 3114

  • Data: 21 de fevereiro de 2023
  • Magnitude: 4,2
  • Constelação: Quilha
  • Iluminação da Lua: 1%
  • Melhor observado a partir de: latitudes ao sul de 9° N
  • Como observar: você pode tentar ver o NGC 3114 a olho nu. No entanto, você precisará de uma visão muito aguçada e de um céu escuro e límpido para vê-lo, por isso é mais fácil observar o aglomerado com binóculos ou um telescópio. Por sorte, a Lua crescente quase invisível não vai interferir nas suas observações.
  • Descrição: o NGC 3114 é um objeto bastante difícil de estudar por causa do alto número de estrelas de campo do disco da Via Láctea. Esse aglomerado estelar mede 35' de diâmetro, que é cerca de 30% maior do que o tamanho da Lua Cheia no céu.

IC 2581

  • Data: 27 de fevereiro de 2023
  • Magnitude: 4,3
  • Constelação: Quilha
  • Iluminação da Lua: 52%
  • Melhor observado a partir do: latitudes ao sul de 12° N
  • Como observar: semelhante ao membro anterior da lista, o IC2581 pode ser visto a olho nu sob o céu limpo com uma visão aguçada. Se você quiser vê-lo em detalhes, use binóculos ou um pequeno telescópio. A Lua no quarto crescente vai se pôr à meia-noite, então você terá a chance de ver o aglomerado sem o menor problema ou dificuldade.
  • Descrição: o IC2581 é o aglomerado estelar aberto que é muito semelhante ao membro anterior da nossa lista, o NGC 3114. Ele ocupa uma região de cerca de 30' no céu, que é um pouco maior do que o tamanho da Lua Cheia.

Agora você sabe quais objetos do céu profundo estarão mais visíveis em fevereiro. Se você conseguir ver qualquer um deles no céu, não deixe de compartilhar sua experiência de observação com a gente nas redes sociais. Para obter ainda mais conhecimentos sobre objetos do céu profundo, faça nosso quiz divertido, “Adivinhe a nebulosa!”.

Os astrônomos são pessoas estranhas e muitas vezes dão nomes às coisas para corresponder às suas ideias estranhas. Vamos ver o quão estranho você é - tente adivinhar o nome de uma nebulosa pela imagem!
Responda ao questionário!

Descubra o que mais ver no céu este ano com o nosso calendário de astronomia de 2023 completo. Estão incluídas todas as notáveis chuvas de meteoros, conjunções planetárias e eclipses.

Desejamos um céu limpo e observações de sucesso a você!

Crédito Texto:
Crédito de imagem:Paolo De Salvatore
Trustpilot