O céu noturno em meados de janeiro de 2021

~4 min
Road in the desert and the purple milky way

O que pode ser visto no céu de 12 a 19 de janeiro? Leia nossas sugestões para observar as estrelas e descubra mais sobre os planetas e estrelas visíveis esta noite, as fases da Lua e muito mais. No artigo de hoje: a Lua renovada, a passagem de Mercúrio por Júpiter e Saturno, a aproximação de Marte com Urano e a exibição dos tesouros de Touro!

A Lua esta semana

Às 5h GMT (2h em Brasília) de quarta-feira, a Lua alcançará oficialmente sua nova fase. Enquanto em sua fase nova, a Lua está viajando entre a Terra e o Sol. Já que a luz do sol atinge apenas o outro lado da Lua, e esta fica na mesma região do céu que o Sol, a Lua fica completamente oculta por quase um dia.

A lua crescente começará a brilhar em um céu mais escuro a partir da noite de sexta-feira. Durante o resto desta semana, a Lua ficará progressivamente mais cheia e subirá cada vez mais alto no céu noturno ocidental, enquanto viaja pelas modestas estrelas de Aquário. Fique de olho na Luz cinérea ou no "Brilho pálido". Ao refletir nas nuvens e no Oceano Pacífico, a luz do sol ilumina levemente o resto do disco lunar. Alguns chamam esse fenômeno de "a velha lua nos braços da lua nova".

Os planetas brilhantes

Esta é uma semana incrível para os fãs de Júpiter, Saturno e Mercúrio. Embora ver Mercúrio e Saturno no crepúsculo possa ser um desafio — você deve poder localizar Júpiter primeiro e depois procurar os outros dois planetas. O trio caberá facilmente no campo de visão de um binóculo, - porém certifique-se de que o Sol desapareceu completamente abaixo do horizonte antes de usar qualquer instrumento óptico. O ocaso dos três planetas ocorrerá por volta das 18 horas, em seu fuso horário local.

Marte continua bem posicionado para observação durante a noite — seja como uma “estrela” brilhante e avermelhada quando visto a olho nu, ou como um minúsculo disco redondo visto pelo telescópio. Esta semana, o planeta já estará brilhando alto no céu meridional após o anoitecer. Marte subirá até o seu ponto mais alto e melhor posição de visualização por volta das 19h, horário local. Procure as estrelas mais brilhantes de Áries, a mais brilhante de Hamal (magnitude 2,0) e mais brilhante de Sheratan (magnitude 2,6), posicionadas a um diâmetro de um punho acima de Marte.

Marte está se movendo gradualmente para o leste ao longo da eclíptica. Nas noites por volta de 19 de janeiro, o planeta vermelho passará muito perto do azul-esverdeado Urano, que também está entre as estrelas do sul de Áries. Com magnitude 5,7, Urano estará ao alcance de telescópios de quintal, binóculos e até mesmo a olho nu para olhos aguçados, especialmente quando não houver uma lua brilhante no céu noturno. Visto por um telescópio, Urano se parecerá com as estrelas próximas a ele - mas o planeta não piscará tanto e brilhará com uma tonalidade verde-azulada.

Na quinta-feira, Urano parará de se mover quando comparado com as estrelas distantes, porque estará completando um loop retrógrado para oeste que começou em meados de agosto. A partir de sexta-feira, o planeta começará a se mover para o leste novamente.

Tesouros em Touro

As noites de janeiro apresentam um grupo de constelações brilhantes e distintas que podem ser facilmente reconhecidas a olho nu e que fazem valer a pena esperar pelas noites de inverno no hemisfério norte. Entre elas estão as constelações de Touro, Orion, Auriga e Gêmeos. A Via Láctea no Inverno atravessa essas constelações, povoando-as com incontáveis deleites para observação através de binóculos ou de telescópios de quintal em noites sem lua.

Em janeiro, a singular constelação de Touro está perfeitamente posicionada para exploração noturna. Ela já está na metade do céu oriental quando a escuridão cai, e cruza o céu por quase a noite inteira.

A constelação de Touro é dominada por vários elementos que se combinam para formar o touro. A forma muito característica de Touro é reconhecida desde os tempos antigos. Ela foi uma das primeiras constelações a serem descritas. Naquela época, o equinócio da primavera ocorria enquanto o Sol estava em Touro.

Esta semana, Touro vai nascer no meio da tarde, horário local, subirá alto no céu meridional por volta das 21h30 e, em seguida, descerá no sentido oeste por volta das 4h30, horário local. Após o crepúsculo, ele poderá ser encontrado se você continuar seguindo a linha formada pelo cinturão de Orion para oeste.

A face triangular de Touro é na verdade um dos aglomerados estelares abertos mais próximos de nós. Localizado a apenas cerca de 150 anos-luz de distância do Sol, ele é chamada de Hyades. O agrupamento recebeu o nome das filhas de Atlas na mitologia grega, que foram associadas à chuva quando choraram por seu irmão morto, Hyas. Na verdade, o aglomerado contém várias centenas de estrelas, e cerca de meia dúzia delas são facilmente visíveis em céus suburbanos sem lua. A propósito, Aldebaran não faz parte do aglomerado. Ele está a menos da metade da distância deste!

Aldebaran, que em árabe significa “seguidor” porque ele persegue as Plêiades pelo céu, é a estrela mais brilhante de Touro. É um velho gigante laranja localizado a 65 anos-luz de distância de nós. Um pouco mais frio que o nosso Sol, ele tem mais que o dobro da massa e 44 vezes o diâmetro deste, porque esgotou o hidrogênio de seu núcleo e inchou enquanto se prepara para morrer.

O belo aglomerado de estrelas conhecido como as Plêiades ou as Sete Irmãs, é formado por sete estrelas azuis, jovens e quentes. E essas estrelas são de fato aparentadas, sendo nascidas da mesma nuvem de gás primordial. Na mitologia grega, elas eram filhas de Atlas e meias-irmãs de Hyades.

O aglomerado das Plêiades está localizado a cerca de 450 anos-luz de distância do Sol, e também é um alvo maravilhoso para observação via binóculos ou telescópio em baixa ampliação! Um grande telescópio sob o céu escuro também revelará uma nebulosidade azul ao redor das estrelas — luz refletida de nuvens de gás e poeira não relacionadas que as estrelas estão atravessando.

Esperamos que você tenha gostado de nossas dicas de observação para esta semana. Com votos de um céu claro e uma ótima observação das estrelas!

Crédito Texto:
Crédito de imagem:Vito Technology
Star Walk 2 logotipo

Star Walk 2

Baixar na loja de aplicativos
Obtê-lo no Google Play