Entenda o crepúsculo: vespertino e matutino, hora dourada e azul

~8 min
Entenda o crepúsculo: vespertino e matutino, hora dourada e azul

Este é o guia completo para o crepúsculo e os termos relacionados a ele — crepúsculo vespertino e matutino, horas mágicas e escuridão total. Você aprenderá a diferença entre eles, os seus tipos e a melhor maneira de determinar os seus horários exatos para a sua localização. Vamos lidar com esses termos de uma vez por todas (e ainda dar uma explicação sobre poluição luminosa)!

Conteúdo

Confira uma explicação visual clara no nosso infográfico sobre crepúsculo, crepúsculo vespertino e crepúsculo matutino!

Quando é crepúsculo? Que tipos de crepúsculo existem? O que são "horas mágicas"? Confira nosso infográfico e descubra as respostas para essas perguntas.
Veja Infográfico

O que é crepúsculo?

O crepúsculo é uma hora do dia em que o Sol está abaixo do horizonte e não é visível diretamente, mas ilumina parcialmente o céu. Podemos ver o crepúsculo porque a Terra tem uma atmosfera, onde a luz se dispersa parcialmente e ilumina nosso planeta, mesmo quando o Sol não está visível.

Tipos de crepúsculo

Existem três tipos de crepúsculo: civil, náutico e astronômico. Eles se seguem e ocorrem na mesma ordem em toda a Terra; os tipos de crepúsculo variam dependendo da posição central do Sol abaixo do horizonte:

  • Crepúsculo civil: 0–6°
  • Crepúsculo náutico: 6–12°
  • Crepúsculo astronômico: 12–18°

O período após o crepúsculo astronômico, quando o Sol desce 18° ou mais abaixo do horizonte, é chamado de “noite”.

Crepúsculo civil

O crepúsculo civil é a fase mais brilhante; a maioria das pessoas se refere a esse tipo quando fala sobre o crepúsculo. Ele começa logo antes do nascer do sol ou após o pôr do sol, quando o Sol está logo abaixo do horizonte. O horizonte deve estar bem visível durante esse momento, e apenas as estrelas e planetas mais brilhantes são visíveis. As leis em muitos países exigem que as luzes da rua e os faróis dos carros sejam acesos durante essa fase.

Logo após o pôr do sol, o céu está muito claro e cheio de cores vivas. Tente capturar o início do crepúsculo civil ao anoitecer e tire algumas fotos de paisagens para revelar os diferentes tons do céu.

Crepúsculo náutico

O crepúsculo náutico é a segunda fase em que o horizonte se torna difícil de distinguir. O próprio termo veio da época em que os marinheiros usavam as estrelas para navegar no mar. Durante o crepúsculo náutico, muitas das estrelas são visíveis, tornando possível navegar de acordo com a posição delas.

Luzes artificiais iluminam totalmente as cidades durante esse intervalo, por isso ele é bom para a fotografia urbana. Mas, se nos referirmos à astrofotografia, considere capturar a Lua Cheia no horizonte. Você pode criar uma bela silhueta com a Lua ao fundo.

Crepúsculo astronômico

Quando a escuridão está quase completa, e não é possível discernir o horizonte, isso significa que o crepúsculo astronômico chegou. A Via Láctea começa a aparecer e as estrelas e planetas mais tênues podem ser observados a olho nu, a menos que a Lua esteja iluminando o céu. No entanto, galáxias, nebulosas e aglomerados globulares precisam de escuridão total quando o Sol está a mais de 18° abaixo do horizonte.

Esse é o momento perfeito para fotografar e observar objetos celestes. Se a Via Láctea estiver visível na sua localização (verifique o tempo de visibilidade no Ephemeris), tente capturar essa galáxia de tirar o fôlego, também.

Quando é crepúsculo: como aprender a hora exata

A duração do crepúsculo difere em locais diferentes, portanto, não há um horário universal para isso. Mas como descobrir a hora astronômica do crepúsculo? Utilize um app ou um site.

Apps:

  • Sky Tonight — app de observação de estrelas para observações avançadas. A aba "Céu" no calendário mostra gráficos detalhados sobre os horários de crepúsculo, duração do dia e escuridão total, especificamente para a sua localização.
  • Ephemeris — planejador de fotos prático para fotógrafos de ambientes ao ar livre. Mostra os horários exatos do crepúsculo civil, náutico e astronômico, calcula a hora e a duração das horas dourada e azul, contém informações detalhadas sobre a visibilidade da Via Láctea e muito mais.
  • PhotoPills — uma ferramenta para (principalmente) fotógrafos de paisagens que permite o planejamento de sessões de fotos ao ar livre. O site tem dezenas de artigos úteis para iniciantes em astrofotografia.
  • Sun Surveyor — um aplicativo que mostra trajetórias exatas da Lua e do Sol em realidade aumentada. Ótimo para visualização.
  • Photographer's Ephemeris — uma calculadora do Sol, da Lua e da Via Láctea baseada em mapas. Ajuda a planejar fotografias ao ar livre com luz natural.

Sites:

  • Time and Date — traz informações detalhadas sobre o nascer e o pôr do sol na sua localização.
  • Sun Today — mostra todas as informações relacionadas ao Sol (nascer do sol, pôr do sol, crepúsculo, meio-dia solar e muito mais).

Quanto tempo dura o crepúsculo?

A duração do crepúsculo depende da latitude, da época do ano e das condições meteorológicas. O crepúsculo mais curto é observado no equador, onde a escuridão cai 24 minutos após o pôr do sol; o mais longo pode durar cerca de seis semanas, nos polos.

O que é crepúsculo vespertino/matutino?

Os crepúsculos vespertino e matutino são momentos específicos no tempo, com base na posição do Sol em relação ao horizonte. Junto com o crepúsculo, existem três tipos de crepúsculos vespertinos e matutinos. Veja o quanto abaixo do horizonte fica o centro do Sol durante cada fase:

  • Crepúsculo vespertino/matutino civil: 6°
  • Crepúsculo vespertino/matutino náutico: 12°
  • Crepúsculo vespertino/matutino astronômico: 18°

Crepúsculo vespertino x matutino

Então, qual é a diferença entre o crepúsculo vespertino e o matutino? Eles referem-se a diferentes períodos do dia. O crepúsculo vespertino ocorre nas horas da noite, quando o Sol se põe sobre o horizonte e os céus estão escurecendo gradualmente. O crepúsculo matutino ocorre de manhã, quando o Sol nasce, e o céu fica claro.

Crepúsculo x crepúsculos vespertino e matutino

Embora seja comum confundir o crepúsculo com os crepúsculos vespertino e matutino, são eventos diferentes. Os crepúsculos vespertino e matutino ocorrem quando o centro do Sol está no ponto exato abaixo do horizonte; o “crepúsculo” ocorre entre esses pontos. Por exemplo, quando o Sol está exatamente 18° abaixo do horizonte, é chamado de crepúsculo vespertino astronômico (ou crepúsculo matutino astronômico), mas o intervalo de 12 a 18 ° é o crepúsculo astronômico.

Horas mágicas: horas douradas e azuis

A expressão “horas mágicas” combina dois termos coloquiais intimamente associados ao crepúsculo: as horas douradas e azuis. Vamos descobrir o seu significado.

O que é a hora dourada?

Os fotógrafos usam o conceito de hora dourada para definir um período do dia em que a luz do sol está mais avermelhada e suave do que o normal, o que é mais comum ao nascer e ao pôr do sol. É o momento perfeito para capturar:

  • Silhuetas;
  • Paisagens naturais;
  • Paisagens urbanas;
  • A lua cheia;
  • Retratos.

Quando ocorre a hora dourada?

Algumas fontes trazem informações diferentes sobre o que usar como pontos iniciais e finais para a hora dourada. O site PhotoPills, por exemplo, diz que a hora dourada ocorre quando o Sol está 6° acima do horizonte e 4° abaixo dele — a mesma definição é usada em nosso app Ephemeris. No entanto, o blog Photo Ephemeris define a hora dourada como um período em que o Sol está entre 0° e 6° acima do horizonte. Os momentos exatos dependem das fotografias desejadas e da quantidade e da natureza de luz solar.

Quando é crepúsculo? Que tipos de crepúsculo existem? O que são "horas mágicas"? Confira nosso infográfico e descubra as respostas para essas perguntas.
Veja Infográfico

O que é a hora azul?

Hora azul é um período do dia em que o Sol está bem abaixo do horizonte, e a luz solar restante ganha uma tonalidade azulada. É o momento perfeito para fotógrafos que querem tirar fotos impressionantes de:

  • Cidades;
  • Natureza;
  • Lua;
  • Vida selvagem;
  • Arquitetura.

Quando ocorre a hora azul?

Os pontos iniciais e finais da hora azul também podem variar. O site Time and Date traz a definição pela qual a hora azul cobre o crepúsculo civil e o náutico, começando quando o Sol está a 4° e terminando a 8° abaixo do horizonte. Outras fontes, como o PhotoPills ou o app Ephemeris, consideram que a hora azul é o momento em que o Sol está 4° a 6° abaixo do horizonte (apenas o crepúsculo civil). Assim como acontece com a hora dourada, cada fotógrafo escolhe a duração preferível da hora azul, dependendo da iluminação que deseja obter.

O que é escuridão total?

Tudo bem, mas o que vem depois do crepúsculo? O momento mais emocionante para os observadores de estrelas: a escuridão total. É um termo coloquial para o momento após o término do crepúsculo astronômico da noite, e antes do início do matutino, quando a Lua não ofusca o céu.

A escuridão total é o momento perfeito para observar objetos espaciais, especialmente os fracos, como galáxias distantes ou aglomerados de estrelas.

Para saber os horários de escuridão total na sua localização, utilize o app Sky Tonight. Abra o app, toque no ícone do calendário na parte inferior da tela e escolha a guia "Céu". O Sky Tonight mostrará os horários de início e de fim de escuridão total e sua duração.

O que os astrônomos querem dizer com “poluição luminosa”?

Mas, mesmo sabendo os horários de escuridão total, você terá dificuldade para ver estrelas fracas se você mora em uma cidade com poluição luminosa. Geralmente, poluição luminosa é luz artificial excessiva ou indesejada. Os exemplos mais comuns são:

  • Postes de luz;
  • Luzes de carros;
  • Arranha-céus;
  • Painéis de publicidade.

Existem vários efeitos negativos da poluição luminosa; em termos de observações astronômicas, o principal problema é a redução da visibilidade dos objetos celestes. Mal conseguimos ver as estrelas mais brilhantes no meio de uma cidade, sem falar em constelações ou planetas inteiros. Imagine que a Via Láctea não está mais visível para mais de um terço da população mundial devido à iluminação artificial!

É por isso que os guias de observação de estrelas aconselham ficar o mais longe possível das luzes urbanas para conseguir observações melhores: um céu típico de uma cidade é até 10 vezes mais claro do que um fundo natural à meia-noite.

Embora “poluição luminosa” seja um termo genérico, há uma razão exata por trás da redução na visibilidade do céu noturno: ele é chamado de “skyglow” (brilho do céu, em inglês). O skyglow é uma luz direcionada para cima, proveniente de luminárias mal projetadas e incorretamente direcionadas, que lançam um brilho no céu. Essa luz é dispersa e refletida por partículas sólidas ou líquidas na atmosfera e, então, retorna aos nossos olhos, obliterando nossa visão do céu noturno. O efeito do skyglow não é necessariamente localizado; pode ser observado mesmo longe da fonte primária.

Para saber mais sobre a poluição luminosa e seus efeitos na saúde humana e nos animais, leia o nosso guia.

Conclusão: O crepúsculo civil não é o melhor momento para observações noturnas do céu, mas muitas estrelas se tornam visíveis durante o crepúsculo náutico. A melhor opção é começar a procurar estrelas e planetas durante o crepúsculo astronômico e continuar procurando objetos do céu profundo quando cair a escuridão total. Ao aprender o horário de escuridão total, você descobrirá o melhor momento para observações, quando não há Lua para ofuscar o céu. E encontre um lugar sem poluição luminosa; caso contrário, talvez você só consiga ver a Lua e as estrelas mais brilhantes.

Nossos aplicativos de observação de estrelas vão guiá-lo pelo céu noturno, então não se esqueça de baixar aquele que mais atenda às suas necessidades. Além disso, sempre use o modo noturno: isso vai preservar a sua visão noturna.

Com votos de céus claros e boas observações!

Crédito Texto:
Crédito de imagem:NASA
Trustpilot