O que é um equinócio e quando é o equinócio de setembro de 2022

~6 min
O que é um equinócio e quando é o equinócio de setembro de 2022

O equinócio de setembro está chegando! Para o Hemisfério Norte, significa que o verão acabou, mas, nas latitudes do sul, a primavera só está começando. Este artigo explica o que é um equinócio, como ele muda as estações, e quando ver os próximos equinócios em 2022-2023.

Índice

Definição de equinócio: o que é um equinócio?

Um equinócio é o momento em que o eixo da Terra não está inclinado nem em direção ao Sol nem para longe dele, fazendo com que dia e noite sejam (quase) iguais em todo o mundo.

O eixo de rotação do nosso planeta está inclinado em 23,5 graus. Isso significa que os Hemisférios Norte e Sul da Terra recebem quantidades desiguais de luz solar durante a maior parte do ano. Essa inclinação axial é a razão por que temos estações.

No entanto, duas vezes por ano — em março e em setembro — a Terra está posicionada de forma que nenhum de seus hemisférios esteja inclinado para perto ou para longe do Sol. Nesses instantes, o Sol fica diretamente acima do equador e ambos os hemisférios recebem quantidades quase iguais de luz solar. Esse evento astronômico é chamado de equinócio. Os equinócios marcam a transição do inverno para a primavera e do verão para o outono.

As pessoas no Hemisfério Norte vivenciam o equinócio da primavera em março e o equinócio do outono em setembro. No Hemisfério Sul, as estações são invertidas. As datas exatas do equinócio variam entre 19 e 21 de março e 21 e 24 de setembro, dependendo do ano e do fuso horário.

O que acontece durante um equinócio?

Em um equinócio, as pessoas na Terra vivenciam dias e noites com duração quase igual — cerca de doze horas. Por que não doze horas, exatamente? Teoricamente, quando a Terra não está inclinada em relação ao Sol, o dia e a noite deveriam ter a mesma duração. No entanto, nosso planeta tem uma atmosfera que refrata a luz como um prisma. Quando você olha para o Sol poente próximo do horizonte, sua posição real é cerca de 1,5 grau mais baixo do que parece. A refração atmosférica atrasa o pôr do sol, o que resulta em um período diurno mais longo do que o período noturno no dia de um equinócio. Em latitudes temperadas, essa diferença é igual a cerca de oito minutos.

Outro fenômeno interessante que ocorre em um equinócio é o Sol nascendo diretamente a leste e se pondo diretamente a oeste. Isso ocorre em qualquer lugar da Terra, exceto nos Polos Norte e Sul, onde não existe leste ou oeste. Confira por que isso acontece.

Não importa onde você esteja, os pontos diretamente a leste e oeste em seu horizonte marcam a interseção do equador celestial com o horizonte. No dia de um equinócio, o Sol está posicionado bem no equador celestial. Por essa razão, o Sol nasce diretamente a leste e se põe diretamente a oeste no dia do equinócio em todo o planeta. Portanto, se você quiser determinar onde estão o leste e o oeste em sua localidade, basta sair no dia de um equinócio e observar o nascer e o pôr do sol.

Datas e horas do equinócio para o Hemisfério Norte

Quando será o equinócio de outono em 2022?

Em 2022, o equinócio de outono ocorrerá em 23 de setembro, à 01h04 GMT. A partir desse momento, começa o outono astronômico.

Quando será o equinócio de primavera em 2023?

O próximo equinócio vernal acontecerá em 20 de março de 2023, às 21h25 GMT. Esse evento marca o início da primavera astronômica.

Datas e horas do equinócio para o Hemisfério Sul

Quando será o equinócio de primavera em 2022?

O equinócio de setembro marca o início da primavera no Hemisfério Sul. Em 2022, ele será em 23 de setembro, à 01h04 GMT.

Quando será o equinócio de outono em 2023?

O próximo equinócio de outono no Hemisfério Sul será o equinócio de março em 2023. Ele acontecerá em 20 de março de 2023, às 21h25 GMT. O evento marca o início do outono para as latitudes do sul.

Lua da Colheita e equinócio de outono

A Lua Cheia mais próxima do equinócio de outono é chamada de Lua da Colheita. No Hemisfério Morte, geralmente é a Lua Cheia de setembro, mas, em alguns anos, ela vem em outubro. A Lua da Colheita é particularmente generosa com os agricultores. Ela lhes dá mais luz para terminarem a colheita, porque nasce logo após o pôr-do-sol durante os poucos dias em torno do equinócio de outono. A cada dia, ela sobe apenas 10 a 30 minutos mais tarde, ao contrário das Luas comuns, que sobem cerca de 50 minutos mais tarde, noite após noite. A razão para isso é que a órbita da Lua é a menos inclinada para o horizonte em torno da época do equinócio de outono. Consulte o nosso artigo sobre a Lua da Colheita para saber mais sobre a sua data e outras peculiaridades.

A melhor época para ver a aurora boreal

De acordo com a NASA, as semanas em torno dos equinócios de outono e de primavera são as mais ricas em tempestades geomagnéticas. Isso significa que os observadores sortudos das latitudes do norte podem avistar a aurora boreal (luzes do norte). Os registros históricos mostram que tempestades geomagnéticas são duas vezes mais prováveis durante a primavera e o outono em comparação com o verão e o inverno. Portanto, é a melhor época para aguardar a aurora boreal!

Dúvidas frequentes

Qual é a diferença entre o equinócio e o solstício?

Tanto equinócios quanto solstícios marcam a mudança das estações, mas, além disso, eles são opostos:

  • Um equinócio é o momento em que o dia e a noite são quase iguais. Por outro lado, um solstício leva ao dia mais curto ou mais longo, dependendo da estação.
  • Equinócios marcam os primeiros dias da primavera e do outono, e solstícios marcam o início do inverno ou do verão.
  • Em um equinócio, o eixo da Terra não está inclinado nem em direção ao Sol nem para longe dele, de modo que ambos os hemisférios recebem quantidades quase iguais de luz. Em um solstício, um dos hemisférios da Terra está mais inclinado em direção ao Sol. Como resultado, um hemisfério recebe a menor quantidade de luz solar, enquanto o outro desfruta da maior parte dela.

Você pode aprender mais sobre solstícios em nosso artigo e encontrar a data exata do próximo solstício em 2022.

O equinócio de setembro é o primeiro dia do outono?

O equinócio de setembro é o início do outono no Hemisfério Norte, que pode ser entre 21 e 24 de setembro, dependendo do ano e do seu fuso horário. No Hemisfério Sul, o outono começa com o equinócio de março entre 19 e 21 de março.

Um equinócio é no mesmo dia em todos os lugares?

Em qualquer ano, um equinócio ocorre ao mesmo tempo em todo o mundo. No entanto, para pessoas em fusos horários diferentes, isso pode acontecer em dias diferentes.

Dia e noite são iguais no equinócio?

São quase iguais, mas há um pouco mais luz do dia do que noite no dia de um equinócio. A razão para isso é a refração atmosférica da luz solar.

Um equinócio sempre se alinha com uma Lua Cheia?

Esses dois eventos são próximos, mas nem sempre combinam perfeitamente. A Lua Cheia mais próxima do equinócio de outono é chamada de Lua da Colheita.

É possível equilibrar um ovo no equinócio de primavera?

A resposta curta é: sim, mas não tem nada a ver com o equinócio. De acordo com um mito popular, no equinócio da primavera, é possível colocar um ovo em pé devido a algum equilíbrio gravitacional entre a Terra e o Sol. Na realidade, não acontece nenhuma mudança gravitacional durante um equinócio que ajudaria a equilibrar o ovo. E não há necessidade disso: você pode tentar esse truque de equilibrar ovos em qualquer dia aleatório do ano. Basta um pouco de paciência para conseguir.

5 fatos interessantes sobre o equinócio

  • Os astrônomos do mundo antigo escolheram o equinócio vernal como o ponto zero para medir os movimentos das estrelas e isso logo passou a ser usado. Já nas anotações de Júlio César, vemos que ele planejava suas incursões marítimas considerando o equinócio.
  • No equador, o Sol está diretamente acima de nós ao meio-dia nos dias dos equinócios. Se você colocar uma vareta vertical no chão nesse momento, ela não projetará sombra alguma.
  • A Terra não é o único planeta que tem equinócios — na verdade, eles existem em todos os planetas com inclinação axial.
  • Existem quatro datas astronômicas que marcam o início de uma nova estação. Já conhecemos as duas primeiras – os equinócios de setembro e março. As outras duas são os solstícios de junho e dezembro – os momentos em que temos o maior número de horas de luz do dia (o solstício de junho) e o menor número de horas de luz do dia (o solstício de dezembro).
  • Os pores-do-sol mais rápidos acontecem sempre nos equinócios, independente do Hemisfério onde você mora, no Norte ou no Sul. Os pores-do-sol e amanheceres mais lentos, pelo contrário, acontecem na época do solstício. A razão é que em um equinócio, o Sol nasce a leste e se põe a oeste, então esse é o caminho mais curto para ele afundar abaixo do horizonte.

Esperamos que você tenha aprendido algo novo sobre equinócios com o nosso artigo. Se tiver alguma dúvida, fique à vontade para perguntar nas nossas redes sociais. E se quiser testar seus conhecimentos astronômicos, faça nosso quiz sobre equinócios e solstícios!

Os dois equinócios e os dois solstícios marcam o início das estações astronômicas. Mas qual é a diferença entre um equinócio e um solstício? E por que a Terra tem estações? Faça este teste para obter as respostas a essas perguntas e aprender curiosidades sobre equinócios e solstícios.
Faça o teste!
Crédito Texto:
Crédito de imagem:Vito Technology, Inc.
Trustpilot