A melhor chuva de meteoros do século XXI: tempestade de meteoros Tau Herculídeos

~6 min
A melhor chuva de meteoros do século XXI: tempestade de meteoros Tau Herculídeos

A melhor chuva de meteoros do século XXI: tempestade de meteoros Tau Herculídeos Tempestades de meteoros: as maiores chuvas de meteoros de todos os tempos

Índice

Quais chuvas de meteoros são as mais prolíficas? São chamadas de tempestades de meteoros: fortes, espetaculares e, claro, raras. Tão raras que você talvez as veja uma ou duas vezes na vida. E uma tempestade de meteoros (provavelmente) vai acontecer em 2022 – leia este artigo para não perder!

O que é uma tempestade de meteoros?

As tempestades de meteoros são chuvas de meteoros que proporcionam mais de 1000 meteoros por hora.

Para medir a intensidade de uma chuva de meteoros, os astrônomos usam a taxa horária zenital ou THZ – o número de meteoros que um observador pode ver no pico da atividade de uma chuva. "Pode ver" porque para calcular a THZ, presumimos que as condições são as ideais, e que o radiante da chuva de meteoros está diretamente acima.

Uma chuva de meteoros fraca produz cerca de 2 meteoros por hora, uma menor, de 2 a 10. Grandes fluxos de meteoros ultrapassam 10 meteoros por hora e podem até ter uma THZ de cerca de 100 meteoros.

Mas muito ocasionalmente, o número de meteoros chega a milhares por hora – tais eventos são chamados de tempestades de meteoros.

Observe que uma tempestade de meteoros não dura dias. Esses surtos são visíveis apenas por um curto período – geralmente várias horas ou menos.

O que causa uma tempestade de meteoros?

As tempestades de meteoros acontecem quando a Terra passa por aquelas partes do caminho de um cometa que são muito ricas em detritos remanescentes.

Enquanto viaja pelo espaço, um cometa deixa para trás uma trilha de detritos que a órbita da Terra atravessa de tempos em tempos. Quando isso acontece, pequenas partes da poeira cósmica entram na atmosfera da Terra e queimam, resultando em raios brilhantes de luz no céu – os meteoros. Dependendo da densidade dos detritos, isso resulta em uma chuva de meteoros ou tempestade de meteoros.

Com que frequência as tempestades de meteoros acontecem?

Tempestades de meteoros são inconsistentes. Por exemplo, a chuva de meteoros Leônidas torna-se, segundo dizem, uma tempestade de meteoros a cada 33 anos. Mas as tempestades de meteoros Leônidas ocorreram em 1833, 1866, 1867, 1966, 1999, 2001 e 2002, e sua atividade dentro desses anos variou de 1000 a cerca de 50000 meteoros por hora.

Devido a tal inconsistência, tempestades de meteoros são difíceis de prever. Portanto, não há calendário de tempestades de meteoros para a próxima década. Se quiser ficar a par dos próximos eventos notáveis da astronomia, ative as notificações em nossos aplicativos de astronomia!

Tau Herculídeos: a possível tempestade de meteoros de 2022

A Tau Herculídeos é o evento de meteoros mais promissor de 2022. É uma das chuvas de meteoros mais jovens, tão fraca que a maioria das listas de chuvas de meteoros a ignoram. Mas este ano, os astrônomos acreditam que criará um espetáculo inesquecível no céu, visível em toda a América do Norte.

Tudo depende do corpo de origem da Tau Herculídeos: o cometa 73P/Schwassmann-Wachmann 3 ou SW3. Ele se fragmentou em 1995 e continua se desintegrando, aumentando a quantidade de detritos em seu caminho. De acordo com os cálculos, em 2022, a Terra pode atravessar o pedaço mais denso de detritos com que já se deparou, o que proporcionará uma exibição intensa. Mas quais são as chances disso? Vamos ver.

Haverá uma tempestade de meteoros em 2022?

Duas condições devem-se cumprir para que a tempestade de meteoros Tau Herculídeos ocorra:

  1. A afirmação de que o SW3 expulsou muitas partículas em 1995 deve ser verdadeira.

  2. O cometa deve ejetar o material a uma certa velocidade: 27 m/s (60 milhas/h).

Se um desses fatores não for verdadeiro, não haverá tempestade de meteoros em 2022. Porém, não fique chateado ainda. Há 90% de chance de os observadores verem pelo menos 600 meteoros por hora – em comparação, a famosa Perseidas proporciona 100 meteoros por hora em média.

Como observar a Tau Herculídeos?

Quando ver os meteoros?

A previsão é de que a tempestade de meteoros ocorra entre 30 e 31 de maio. Felizmente, a Lua atingirá uma nova fase no dia anterior, então a luz não atrapalhará suas observações.

Atualmente, os astrônomos indicam três horários diferentes para o início do pico:

  • 31 de maio de 2022, às 04:55 GMT;
  • 31 de maio de 2022, às 05:04 GMT;
  • 31 de maio de 2022, às 05:17 GMT.

Não se esqueça de converter para sua hora local! Por exemplo, 05:04 GMT convertido para o horário da América do Norte central é 00:04 (CDT).

Sugerimos que você comece as observações com antecedência – suas chances de não perder o evento serão maiores. Além disso, não se sabe quanto tempo a tempestade de meteoros vai durar – o pico pode durar 15 minutos ou várias horas.

Um ligeiro aumento na contagem de meteoros pode ocorrer entre 28 de maio e 1º de junho. A poeira das visitas do cometa em 1892 e 1897 pode aparecer em nosso céu por volta de 16h GMT em 30 de maio e por volta de 10h GMT em 31 de maio.

Onde ver os meteoros?

O radiante da Tau Herculídeos será bastante elevado em grande parte da região norte e central da América do Norte, onde ele estará no alto do céu. Mas no noroeste dos Estados Unidos e em grande parte do Canadá, haverá crepúsculo durante o pico da tempestade potencial.

Meteoros vão parecer voar do ponto radiante da Tau Herculídeos perto da estrela brilhante Arcturo na constelação de Boötes. Encontre o radiante usando o aplicativo de astronomia Sky Tonight: inicie o aplicativo, toque no ícone de lupa no canto inferior esquerdo e digite "Tau Herculids" no campo de pesquisa. Em seguida, toque em um ícone de destino no resultado da pesquisa correspondente e o aplicativo mostrará o radiante no mapa. Lembre-se de que, para ver o maior número de meteoros, deve-se olhar ligeiramente para longe do ponto radiante.

Os meteoros da Tau Herculídeos serão lentos e, portanto, não muito brilhantes. O excesso de luz ofuscará a maioria dos meteoros, então você precisará observar de um local bem escuro. Encontre mais dicas para observar chuvas de meteoros em nosso artigo.

Perguntas frequentes

Qual é a diferença entre uma chuva de meteoros e uma tempestade de meteoros?

Uma chuva de meteoros proporciona de uma a várias centenas de meteoros por hora durante o seu pico. Durante uma tempestade de meteoros, esse número aumenta em mais de 1000. Então, basicamente, a tempestade de meteoros é uma chuva de meteoros mais abundante. Saiba mais sobre meteoros.

As rochas espaciais podem ser chamadas de muitos nomes diferentes: meteoroides, meteoritos, meteoritos, cometas e asteroides. Como diferenciá-los? Faça este questionário para testar seus conhecimentos sobre pequenos corpos do Sistema Solar e se tornar um especialista em rochas espaciais.
Responda ao questionário!

Em que ano tivemos a maior chuva de meteoros ou tempestade de meteoros?

A última vez que uma tempestade de meteoros ocorreu foi em 2002. Naquele ano, a Leônidas proporcionou mais de 1000 meteoros por hora. Certifique-se de saber como não perder um evento de meteoros respondendo ao quiz "Pegue uma estrela cadente".

Qual fase da Lua é preferível para observar as estrelas cadentes? Onde você deve olhar para ver a maioria dos meteoros? Com este teste, você pode testar seus conhecimentos sobre as chuvas de meteoros e obter dicas úteis sobre como capturar o maior número de estrelas cadentes.
Responda ao questionário!

Qual será a maior chuva de meteoros em 2022?

Vamos supor que a Tau Herculídeos ocorra de acordo com a melhor previsão. Nesse caso, será, sem dúvida, o melhor evento de meteoros do ano. Do contrário, a Perseidas, como de costume, oferecerá aos observadores a melhor vista. Leia mais sobre a chuva de meteoros Perseidas em nosso artigo.

Quando é a próxima tempestade de meteoros?

Após a Tau Herculídeos no final de maio de 2022, espera-se que o próximo evento notável de meteoros seja a chuva de meteoros Leônidas, em 2034. De acordo com as previsões, no ano mencionado, a Leônidas terá uma THZ entre 400 e 500. Mas quando se fala de milhares de meteoros, você vai precisar esperar até 2098, quando a Draconídeos poderá produzir até 20000 meteoros por hora.

Conclusão: as tempestades de meteoros são chuvas de meteoros prolíficas que proporcionam mais de 1000 meteoros por hora. Elas não podem ser previstas com precisão, então você precisa acompanhar as últimas notícias sobre observação das estrelas para não perder. Este ano, há uma chance de que o surto do cometa 73P/Schwassmann-Wachmann 3 proporcione uma tempestade de meteoros entre 30 e 31 de maio para grande parte da América do Norte.

Com votos de céus claros e boas observações!

Crédito Texto:
Crédito de imagem:Vito Technology, Inc.
Trustpilot