A ilusão lunar: por que a Lua parece tão grande?

~6 min
A ilusão lunar: por que a Lua parece tão grande?

A Lua enorme flutuando perto do horizonte é cativante. Mas e se lhe dissermos que parte da sua beleza é apenas um truque de ótica? A ilusão lunar intriga a humanidade desde o século IV a.C. Vamos aprender sobre isso e ver se a Lua ainda consegue lançar seu feitiço sobre nós.

Índice

Por que a Lua está tão grande esta noite?

A Lua pode parecer maior por duas razões:

  1. É uma Superlua cheia: a Lua cheia em sua aproximação mais estreita em relação à Terra ou próximo disso;
  2. É a ilusão lunar: o truque do nosso cérebro faz com que a Lua pareça maior quando está no horizonte.

Para saber mais sobre a primeira razão, consulte o nosso guia sobre a Superlua. Aqui vamos discutir sobre a ilusão lunar.

O que é a Ilusão lunar?

A ilusão lunar é uma ilusão de ótica em que a Lua aparece maior quando está perto do horizonte do que quando está no zênite. O Sol e as constelações também estão sujeitos a esse efeito. Ele foi mencionado pela primeira vez em "Meteorologia" (350 a.C.) pelo filósofo grego Aristóteles, que atribuiu o fenômeno ao reflexo da luz. Até agora, não há explicações consistentes para a ilusão lunar.

Como provar que a Lua grande é apenas uma ilusão?

Uma coisa que sabemos com certeza sobre a ilusão lunar é que é tudo coisa da nossa cabeça. E aqui está como revelar a realidade:

  • Tire uma foto da Lua grande perto do horizonte e do pequeno disco lunar no zênite com as mesmas configurações da câmera. Quando você comparar as duas imagens, não verá nenhuma diferença de tamanho. (Mais tarde, vamos discutir como fazer a Lua parecer enorme em uma foto.)
  • Enrole e cole um pedaço de papel para encaixar a Lua grande dentro dele. Aguarde a Lua subir alto no céu e olhe para ela através do tubo de papel — você verá que o disco lunar preenche o mesmo espaço.
  • A maneira mais engraçada de provar a ilusão lunar é olhar para trás entre as suas pernas. Seu cérebro não vai entender os arredores da Lua como familiares e não vai criar a ilusão.

Você nem precisa comparar a Lua baixa com a Lua no zênite para quebrar a ilusão momentaneamente. Se você apenas olhar para a Lua "enorme" através de um tubo de papel ou na foto tirada, ficará imediatamente decepcionado, porque a ilusão só funciona quando você vê a Lua em tempo real com todos os arredores.

Teorias sobre a ilusão lunar

A Lua parece maior por causa de uma ilusão de ótica, mas a questão é: qual delas? Ainda não há uma resposta convincente, então os cientistas continuam procurando. Vamos dar uma olhada em várias teorias comuns.

Teoria antiga: atmosfera ampliadora

No século IV a.C., Aristóteles mencionou que objetos celestes parecem maiores no horizonte. Ele presumiu que a atmosfera da Terra age como uma lente de água, ampliando a imagem da Lua, do Sol e das estrelas baixas. O astrônomo greco-egípcio Ptolomeu e o astrônomo grego Cleomedes sugeriram teorias semelhantes no século II d.C.

Teoria da cúpula achatada

No século XI, um estudioso árabe, Ibn al-Haytham, sugeriu uma teoria em que não entendemos o céu como um hemisfério, mas sim como uma cúpula achatada. De acordo com essa ideia, a distância até o ponto mais alto do céu parece muito menor do que a distância até o horizonte. É por isso que o disco lunar parece mais perto no zênite e é entendido como um objeto menor, enquanto a Lua baixa aparece mais longe para nós e, portanto, presumimos que seja maior. O cérebro simplesmente não consegue compreender que a distância da Lua em relação a nós não muda muito com a sua posição no céu.

Ilusão de Ebbinghaus

De acordo com a ilusão, descoberta na década de 1890 pelo psicólogo alemão Hermann Ebbinghaus, percebemos o tamanho de objetos em relação ao contexto. A ilustração típica mostra dois círculos: o primeiro cercado por círculos grandes e o segundo por círculos pequenos. O primeiro parece menor para nós, embora ambos tenham o mesmo tamanho. Quanto à Lua, ela pode parecer maior quando as árvores, casas e montanhas a cercam do que quando vemos apenas o céu vasto e extenso ao seu redor.

Ilusão de Ponzo

Como o psicólogo italiano Mario Ponzo demonstrou em 1911, se colocarmos dois objetos idênticos sobre duas linhas horizontais convergentes, o superior parecerá maior do que o inferior. O fenômeno também é chamado de “ilusão das linhas de trem”. As casas, árvores e outros objetos podem servir como “linhas de trem”, criando a perspectiva linear em que a Lua está longe de nós e, portanto, grande.

Micropsia de convergência

Como sugere uma das mais novas teorias, chamada “micropsia de convergência”, o cérebro julga a distância aos objetos e seu tamanho aparente pelo foco dos nossos olhos. Quando olhamos para a Lua baixa, focamos muito longe, entendendo a Lua como um objeto grande distante. No alto do céu, porém, não há nada para focar, então os olhos se fixam em um foco padrão que é de apenas alguns metros, e o cérebro entende que a Lua está perto e é pequena.

Por que nenhuma dessas teorias é convincente?

Por mais interessantes que todas essas teorias possam parecer, há argumentos contra cada uma delas:

  • Teorias antigas de uma “atmosfera ampliadora” falham imediatamente quando você compara os tamanhos da Lua baixa e da Lua no zênite e vê que eles são idênticos.
  • As teorias de Ponzo e de Al-Haytham sugerem que a Lua deve parecer mais longe no horizonte, mas a maioria das pessoas diz que, pelo contrário, o disco lunar parece-lhes mais perto nesse ponto.
  • A teoria de Ebbinghaus não explica por que astronautas e pilotos de companhias aéreas veem a ilusão lunar, embora não haja objetos menores ao redor para comparar.
  • Nem mesmo a nova teoria da micropsia de convergência satisfaz todos os cientistas. Eles argumentam que a ilusão lunar funciona para idosos e pessoas com implantes de lentes oculares que não têm acomodação ocular, o que é crucial para a micropsia de convergência.

Como fotografar a lua grande?

Para fazer a Lua parecer enorme em uma foto, você também precisa criar uma espécie de ilusão, mas usando métodos técnicos. Confira um guia simples:

  • Use uma câmera com lente teleobjetiva de zoom longo — não surpreendentemente, quanto mais você ampliar, maior a Lua parecerá.
  • Coloque outros objetos (árvores, edifícios, pessoas) em primeiro plano para comparar o tamanho da Lua com algo. Isso coloca em prática a ilusão de Ebbinghaus que explicamos acima. A Lua parecerá mais impressionante se estiver nascendo atrás de uma casa do que num céu escuro vazio.
  • Controle a sua exposição e use um tripé para tirar uma foto nítida.
  • Planeje a sua foto com antecedência. Para ver quando a Lua parecerá melhor em uma paisagem específica, use o app Ephemeris: a ferramenta o ajudará a escolher as condições perfeitas para a sua sessão de fotos.

Curiosidades

  • A Lua fica amarela ou laranja no horizonte. A luz da Lua tem que atravessar mais ar perto do horizonte. Como resultado, os comprimentos de onda azuis mais curtos da luz são espalhados pelo ar, enquanto os comprimentos de onda vermelhos mais longos ainda chegam aos olhos. Esse é o único efeito real que a atmosfera terrestre tem sobre a Lua baixa.
  • A Lua baixa é, na verdade, cerca de 1,5% menor do que a Lua alta. Ela está cerca de 6.400 quilômetros mais longe do nosso ponto de vista do que quando está alta no céu. No entanto, essa diferença de tamanho é intangível para os olhos.
  • Os planetários têm que tornar a imagem da Lua perto do horizonte duas vezes maior para fazê-la parecer real. A ilusão lunar só funciona com a Lua real, então os planetários tiveram que sacrificar a precisão em prol do realismo.
  • A Ilusão lunar costuma ser confundida com uma Superlua. No entanto, as Superluas não são tão impressionantes quanto o nome sugere. Uma Superlua parece cerca de 7% maior que a média, enquanto a ilusão lunar faz com que o disco lunar pareça ter o dobro do tamanho.

Conclusão: a Lua parece maior perto do horizonte por causa da “ilusão lunar”. Esse truque de ótica ainda não tem uma explicação convincente, mas podemos continuar buscando uma resposta enquanto desfrutamos da beleza da Lua.

Crédito Texto:
Crédito de imagem:Vito Technology, Inc.
Trustpilot