Como ver melhor objetos tênues no céu: visão afastada

~5 min
Como ver melhor objetos tênues no céu: visão afastada

Já notou que é possível observar estrelas tênues melhor sem olhar diretamente para elas? O motivo disso é a visão afastada. Como ela funciona e como usá-la “no campo”? Vamos aclarar as coisas!

Índice

O que é a visão afastada?

A visão afastada é uma técnica para observar objetos tênues olhando não diretamente, mas ligeiramente mais longe de um objeto. Ela costuma ser usada pelos astrônomos para ver muito mais no céu noturno. Esta técnica é adequada para observações a olho nu ou para visualização de objetos através de binóculos ou de telescópios.

A visão afastada envolve o uso de visão periférica ou lateral, que permite ver coisas fora de sua linha direta de visão.

Como funciona a visão afastada?

A visão afastada é possível devido à estrutura do olho humano. Nossas retinas contêm dois tipos de detectores – bastonetes e cones. Os bastonetes detectam luz fraca em preto e branco, enquanto os cones detectam luz brilhante e as cores plenas.

A parte central da retina é composta principalmente de cones e o restante dela consiste em bastonetes. É por isso que nossos olhos fornecem uma imagem detalhada ultraclara de objetos no centro do campo de visão, mas assim que você olha um pouco para o lado, a imagem de um objeto fica desfocada.

Tal estrutura leva a uma diminuição da sensibilidade visual na visão central à noite. Então, para ver um objeto escuro à noite, faça a luz cair na parte externa da retina, preenchida com os bastonetes sensíveis à luz. Em outras palavras, olhe ligeiramente para longe de um objeto. Infelizmente, os bastonetes (ao contrário dos cones) não detectam cores variadas e, por isso, objetos tênues observados com visão afastada aparecerão branco-acinzentados.

Por que a visão afastada é importante?

A visão afastada é a melhor maneira de ver objetos tênues na escuridão. O uso desta técnica permite que você veja objetos do céu invisíveis à visão direta.

Imagine só: a área do olho cheia de bastonetes é cerca de quatro magnitudes astronômicas (ou 40 vezes) mais sensível do que o centro do olho feito de cones. Isso significa que se você conseguir ver uma estrela de 2ª magnitude no centro visual, poderá ver uma estrela de 6ª magnitude fora do centro usando a visão afastada!

Como usar a visão afastada

A visão afastada pode ser usada com ou sem instrumentos ópticos. Em geral, o método será o mesmo:

  1. Escolha um objeto que você deseja ver. Se quiser usar um telescópio, escolha um objeto de magnitude 8 – por exemplo, a Galáxia do Charuto. Para visão a olho nu, escolha algo mais brilhante, como o aglomerado estelar aberto M41.

  2. Localize o objeto no céu. Use a ajuda de um aplicativo de observação de estrelas aqui - você pode usar o aplicativo Sky Tonight que mostra centenas de galáxias e aglomerados de estrelas gratuitamente.

  3. Depois de localizar o objeto, coloque-o a cerca de 8° a 16° afastado do centro do olho (o ângulo exato varia de pessoa para pessoa).

  4. No seu campo de visão, mantenha o objeto mais próximo do seu nariz do que da lateral do seu rosto. Dessa forma, você não deixará o objeto cair no ponto cego do lado do olho.

  5. Se estiver usando binóculos, aponte seu olhar para acima do objeto, em vez de olhar para o lado. Olhar apenas para o lado torna um olho mais sensível em detrimento do outro.

Não desista se isso não funcionar imediatamente. Usar a visão afastada de propósito é muito mais complicado do que parece.

Como observar objetos tênues ainda melhor?

Aqui estão algumas dicas adicionais que ajudarão você a visualizar melhor objetos tênues:

  • Dê aos seus olhos cerca de 30 minutos para se adaptarem à escuridão. Não olhe para nada brilhante e não use o celular a menos que ele esteja em modo noturno. A propósito, minimizar sua exposição à luz solar durante o dia também ajuda – use óculos de sol para proteger seus olhos.

  • Use uma lanterna vermelha - ela não estraga sua visão noturna.

  • Procure os objetos tênues no zênite ou perto dele (diretamente acima). Haverá menos atmosfera para seu olhar atravessar e, portanto, menos poeira que a luz precisa penetrar para alcançar a ocular.

  • Se você usar um telescópio, tente movê-lo levemente para frente e para trás para deslocar o objeto no campo de visão. Os olhos são mais sensíveis a objetos em movimento do que a objetos estáticos.

  • Aguarde noites com boa transparência do céu; neblina e umidade no ar podem bloquear os detalhes dos objetos. Além disso, certifique-se de que não há nuvens ou a lua brilhando no céu. Você pode conferir o índice de observação de estrelas no app Sky Tonight – quanto mais alto estiver o índice, melhores são as condições de visualização.

Fatos interessantes

  • A técnica da visão afastada é conhecida desde a antiguidade; Aristóteles a usava enquanto observava o céu noturno. Hoje em dia, além da astronomia, a visão afastada é usada em treinamentos militares.

  • A visão afastada também foi usada por marinheiros cujas funções incluíam manter vigílias em pé. Ela os ajudava a detectar luzes fracas de outros navios ou locais em terra à noite.

  • A visão afastada funciona de forma diferente para cada pessoa porque há grandes variações na composição dos nossos olhos. Aliás, nossas retinas são ainda mais individualizadoras do que nossas impressões digitais.

Escala de visão afastada

Ron Morales, do Observatório do Deserto de Sonora, desenvolveu uma escala de visão afastada para permitir algum diferencial na visibilidade de objetos no céu profundo. Esta escala provavelmente destina-se a interessados em observações mais avançadas do céu noturno, mas vamos deixá-la aqui para completar nosso guia de visão afastada.

AV1

Um objeto pode ser visto com visão afastada (VA), mas depois de encontrado, o objeto pode ocasionalmente ser visto com visão direta.

AV2

Um objeto só pode ser visto com visão afastada (VA), mas é mantido estável. Aqui, a varredura da visão do observador torna o objeto detectável.

AV3

Um objeto só pode ser visto ocasionalmente com visão afastada, pois ele "vai e vem" conforme as condições de visão. Nesse caso, o objeto é visto mais de 50% das vezes.

AV4

Um objeto só pode ser visto ocasionalmente com visão afastada, pois ele "vai e vem" conforme as condições de visão. Nesse caso, o objeto é visto menos de 50% das vezes.

AV5

Um objeto só pode ser vislumbrado com a visão afastada após visualização contínua do campo por alguns minutos ou mais. Esse nível de visão afastada geralmente ocorre quando se observa cuidadosamente um campo por um longo período. Isso pode ocorrer nos primeiros 3 a 5 minutos após a visualização do campo.

Resumo: A visão afastada é uma técnica essencial para observadores de estrelas, especialmente para aqueles que gostam de observar objetos tênues, como galáxias, aglomerados de estrelas e nebulosas. A técnica revela objetos cerca de 40 vezes mais tênues do que a visão direta! Para usá-la, olhe ligeiramente para o lado do objeto que você está tentando ver.

Com votos de céus claros e boas observações!

Crédito Texto:
Crédito de imagem:Vito Technology, Inc.
Trustpilot