Cometas em 2023: lista de cometas visíveis da Terra

~6 min
Comets 2023

Em 2023, um monte de cometas vai atingir o periélio e ganhar o máximo de brilho. Alguns deles provavelmente se tornarão visíveis através de pequenos telescópios e binóculos ou até mesmo a olho nu. Em nossa lista, incluímos dez cometas que devem atingir uma magnitude de 10 ou mais brilhante. Todos eles podem ser facilmente encontrados no céu com a ajuda do nosso aplicativo Sky Tonight — no fim deste artigo, diremos como.

Índice

C/2017 K2 (PanSTARRS)#

  • Periélio: 19 de dezembro de 2022 (mag. de 8,3)
  • Aproximação mais estreita da Terra: 14 de julho de 2022 (mag. de 8,7)
  • Onde observar: Hemisfério Sul
  • Previsão de visibilidade: embora o cometa se aproxime mais do Sol no fim de 2022, ele pode ficar mais brilhante no início de 2023 e até mesmo atingir uma magnitude de 6. Tente observar o cometa em meados de janeiro de 2023 com um telescópio pequeno ou binóculos grandes.
  • Descrição: C/2017 K2 (PanSTARRS) é um cometa de longo período com uma órbita hiperbólica que veio da nuvem de Oort. Esse asteroide foi descoberto no dia 21 de maio de 2017 pelo telescópio Pan-STARRS 1 no Observatório de Haleakala, no Havaí, EUA. Esse cometa tem um período orbital tão longo que, da próxima vez, retornará ao Sistema Solar interno apenas no ano 20.000!

C/2022 E3 (ZTF) ⭐#

  • Periélio: 12 de janeiro (mag. de 6,5)
  • Aproximação mais estreita da Terra: 1º de fevereiro (mag. de 4,7)
  • Onde observar: o cometa é melhor observado do Hemisfério Norte. No Hemisfério Sul, só é observável no início de fevereiro.
  • Previsão de visibilidade: esse cometa tem o potencial de se tornar um dos mais brilhantes do ano. As melhores condições de observação serão no fim de janeiro, entre o periélio e a aproximação mais estreita. Nessa época, a Lua estará perto de sua fase nova e não impedirá as observações. Espera-se, também, que o cometa obtenha o comprimento máximo da cauda por volta dessa época. O C/2022 E3 (ZTF) provavelmente será visível através de binóculos e talvez até a olho nu! Em 12 de fevereiro, você também terá a chance de observar o cometa desvanecente passar perto de Marte, com sua magnitude nula.
  • Descrição: C/2022 E3 (ZTF) é um cometa de longo período descoberto em 2 de março de 2022, pela Zwicky Transient Facility nos EUA. Foi inicialmente considerado um asteroide, mas, mais tarde, foi revelado um coma muito condensado, indicando que o objeto era um cometa.

Você pode saber mais sobre o Cometa C/2022 E3 (ZTF) no nosso artigo dedicado.

96P/Machholz#

  • Periélio: 31 de janeiro (mag. de 0,7)
  • Aproximação mais estreita da Terra: ** 31 de janeiro (mag. de 0,7)**
  • Onde observar: ambos os hemisférios
  • Previsão de visibilidade: infelizmente, no momento de brilho máximo, o cometa estará posicionado muito perto do Sol no céu e não estará visível. Observadores perto do equador terão uma possível chance de ver o 96P/Machholz no fim de fevereiro. No entanto, a essa altura, o cometa já terá desvanecido para a 10ª magnitude.
  • Descrição: 96P/Machholz é um cometa de curta duração descoberto em 12 de maio de 1986 pelo astrônomo amador Donald Machholz. É um cometa rasante, o que significa que ele passa extremamente perto da superfície do Sol no periélio. O 96P/Machholz também tem uma composição química singular que implica uma possível origem extrassolar.

C/2020 V2 (ZTF)#

  • Periélio: 8 de maio (mag. de 10,0)
  • Aproximação mais estreita da Terra: 17 de setembro (mag. de 9,6)
  • Onde observar: ambos os hemisférios
  • Previsão de visibilidade: no periélio, o cometa estará posicionado muito perto do Sol no céu e não estará visível. No entanto, você poderá observá-lo no momento da aproximação mais estreita, em setembro: ele estará mais brilhante e bem posicionado para observações. C/2020 V2 (ZTF) pode ser visível com pequenos telescópios.
  • Descrição: C/2020 V2 (ZTF) é um cometa de longo período descoberto em 2 de novembro de 2020 pela Zwicky Transient Facility nos EUA.

C/2021 T4 (Lemmon)#

  • Periélio: 31 de julho (mag. de 8,2)
  • Aproximação mais estreita da Terra: 20 de julho (mag. de 7,8)
  • Onde observar: Hemisfério Sul
  • Previsão de visibilidade: o cometa estará posicionado alto no céu nas latitudes sul. Pode tornar-se visível com telescópios pequenos ou binóculos grandes.
  • Descrição: C/2021 T4 (Lemmon) é um cometa de longo período descoberto em 7 de outubro de 2021 pelo Observatório Mount Lemmon nos EUA.

103P/Hartley#

  • Periélio: 12 de outubro (mag. de 8,4)
  • Aproximação mais estreita da Terra: 26 de setembro (mag. de 8,3)
  • Onde observar: ambos os hemisférios
  • Previsão de visibilidade: no periélio, o cometa estará bem posicionado no céu para os observadores do Hemisfério Norte. No Hemisfério Sul, ele estará posicionado muito mais baixo, mas ainda será observável. Pode tornar-se visível através de telescópios pequenos ou binóculos grandes já no fim de setembro.
  • Descrição: 103P/Hartley é um pequeno cometa de curta duração descoberto por Malcolm Hartley em 1986 no Observatório Siding Spring, na Austrália. Em 4 de novembro de 2010, o cometa foi visitado pela sonda Deep Impact da NASA, que chegou a 700 km do cometa e enviou fotografias detalhadas do seu núcleo em forma de amendoim.

2P/Encke#

  • Periélio: 21 de outubro (mag. de 6,9)
  • Aproximação mais estreita da Terra: 24 de setembro (mag. de 9,9)
  • Onde observar: Hemisfério Norte
  • Previsão de visibilidade: no auge do seu brilho em outubro, o 2P/Encke só será visível no céu da manhã, pouco antes do nascer do sol. Não é esperado que seja visível a olho nu, mas pode se tornar observável através de binóculos.
  • Descrição: 2P/Encke tem o menor período orbital de qualquer cometa conhecido: cerca de 3,3 anos. Esse cometa foi observado pela primeira vez pelo astrônomo francês Pierre Méchain em 17 de janeiro de 1786, mas foi batizado em homenagem ao astrônomo alemão Johann Franz Encke, que calculou sua órbita em 1819.

62P/Tsuchinshan#

  • Periélio: 24 de dezembro (mag. de 7,1)
  • Aproximação mais estreita da Terra: 30 de janeiro de 2024 (mag. de 7,6)
  • Onde observar: Hemisfério Norte
  • Previsão de visibilidade: no periélio, o cometa estará bem posicionado no céu para observações. Pode tornar-se brilhante o suficiente para ser observável através de binóculos.
  • Descrição: 62P/Tsuchinshan é um cometa de curto período descoberto em 1º de janeiro de 1965, no Observatório Purple Mountain (Observatório Astronômico de Zijinshan) em Nanquim, China. Seu período orbital (6,4 anos) é relativamente curto em comparação com o de outros cometas.

144P/Kushida#

  • Periélio: 25 de janeiro de 2024 (mag. de 7,3)
  • Aproximação mais estreita da Terra: 12 de dezembro (mag. de 7,5)
  • Onde observar: ambos os hemisférios
  • Previsão de visibilidade: embora o cometa vá atingir seu brilho máximo apenas em 2024, ele se tornará observável com binóculos grandes e telescópios pequenos até o fim de 2023.
  • Descrição: 144P/Kushida é um cometa de curta duração descoberto em 8 de janeiro de 1994 por Yoshio Kushida no Observatório da Base Sul de Yatsugatake, no Japão. Seu período orbital (7,6 anos) é bastante curto em comparação com o de outros cometas.

C/2021 S3 (PanSTARRS)#

  • Periélio: 14 de fevereiro de 2024 (mag. de 7,3)
  • Aproximação mais estreita da Terra: 14 de março de 2024 (mag. de 7,3)
  • Onde observar: Hemisfério Sul (antes do periélio), Hemisfério Norte (depois do periélio)
  • Previsão de visibilidade: embora o cometa vá atingir o periélio apenas em 2024, ele poderá ficar mais luminoso, até a magnitude 9, até o fim de 2023. Nesse caso, pode tornar-se observável com telescópios pequenos.
  • Descrição: C/2021 S3 (PanSTARRS) é um cometa de curto período descoberto em 24 de setembro de 2021 pelo telescópio Pan-STARRS 2 no Observatório de Haleakala, no Havaí, EUA.

Como encontrar um cometa usando o Sky Tonight?#

Cometas são objetos fracos e difusos, que são difíceis de detectar, então é melhor saber sua localização com certeza. O aplicativo Sky Tonight te ajuda a encontrar rapidamente qualquer cometa brilhante no céu. Veja o que você precisa fazer:

  • Toque no ícone da lupa na parte inferior da tela;
  • No campo de Pesquisa, insira o nome do cometa (por exemplo, “2022 E3 (ZTF)”);
  • Encontre o cometa nos resultados da pesquisa e toque no ícone de alvo azul ao lado do nome;
  • O aplicativo mostrará a localização atual do cometa no céu;
  • Aponte seu dispositivo para o céu e siga a seta branca para encontrar o cometa.

Você também pode tocar no nome do cometa nos resultados da pesquisa e, em seguida, ir até a guia Eventos para visualizar os eventos relacionados ao cometa: periélio e aproximação mais estreita da Terra. Toque no ícone de alvo azul ao lado do evento para ver a localização do cometa no momento do periélio ou da aproximação mais estreita.

Conclusão#

Em 2023, haverá pelo menos dez cometas que poderão potencialmente atingir uma magnitude de 10 ou mais brilhante. Alguns desses cometas poderão se tornar visíveis através de binóculos ou até mesmo a olho nu. Vamos torcer!

Ao trabalharmos neste artigo, usamos dados fornecidos pelo Instituto de Astronomia (Cambridge), pelos observadores de cometas Seiichi Yoshida e Gideon van Buitenen, bem como pelo site In-The-Sky. Essas fontes têm previsões diferentes em relação ao brilho dos cometas, então escolhemos os números mais "otimistas" para a nossa lista.

Crédito Texto:
Crédito de imagem:Vito Technology, Inc.
Trustpilot