1. Inicial
  2. Novidades astronômicas

A Lua visita Júpiter e Saturno no início de maio

~3 min
A Lua visita Júpiter e Saturno no início de maio

Nos dias 3, 4 e 5 de maio de 2021, assista a Lua passar por Saturno e Júpiter. No artigo de hoje, vamos falar sobre os termos astronômicos que descrevem o encontro da Lua e dos gigantes gasosos e contar como e quando observá-los no céu acima de você.

Qual é a diferença entre um apulso e uma conjunção?

Na astronomia, dois termos relacionados são usados para descrever uma aproximação estreita de dois objetos celestes. Um apulso refere-se a uma aproximação estreita de dois objetos do céu, quando a distância aparente entre eles é a mínima, como vista a partir da Terra. Por sua vez, uma conjunção ocorre quando dois corpos celestes se alinham de modo que compartilhem a mesma ascensão reta ou longitude eclíptica. Geralmente, o tempo exato de um apulso difere daquele da conjunção; às vezes, um apulso pode ocorrer sem uma conjunção.

A Lua se reúne com os gigantes gasosos

Em 3 de maio de 2021, às 16:58 GMT, ocorrerá a conjunção da Lua e de Saturno; nesse momento, esses objetos celestes terão a mesma ascensão reta. Nosso satélite natural brilhará em uma magnitude de -11,9, enquanto o planeta anelado terá uma magnitude de 0,5. Um pouco mais tarde, ocorrerá um apulso – às 18:49 GMT. Nesse momento, a Lua e Saturno farão a aproximação aparente mais estreita, passando dentro de 4°02' um do outro. Ambos os objetos celestes ficarão situados na constelação de Capricórnio; saiba mais sobre essa bela constelação e suas estrelas proeminentes em nosso artigo recente.

Continuando a sua viagem através do céu, a Lua entrará na constelação de Aquário, onde se encontrará com outro gigante gasoso: Júpiter. A conjunção da Lua e de Júpiter será em 4 de maio de 2021, às 21:02 GMT; será seguida pelo apulso algumas horas mais tarde, quando a separação aparente entre a Lua e o gigante gasoso for de 4°21'. Júpiter é cerca de 11 vezes mais brilhante que Saturno: ele vai brilhar em uma magnitude de -2,3.

Você poderá observar os gigantes gasosos no céu da madrugada nos próximos dias. O Saturno dourado sobe com as estrelas de Capricórnio central primeiro; o maior planeta do sistema solar, Júpiter brilhante, junta-se ao planeta anelado cerca de meia hora mais tarde. A separação entre esses planetas aumenta ligeiramente a cada manhã.

Aprecie a dança da Lua e dos gigantes gasosos com Star Walk 2. O guia de observação de estrelas ajudará você a localizar a Lua, Saturno e Júpiter no céu e a determinar o melhor momento para observar e identificar as estrelas e as constelações em torno deles.

O que é o último quarto da Lua?

Em 3 de maio, apenas algumas horas depois de se juntar a Saturno, a Lua chegará à sua fase de último quarto ou quadratura ocidental, e veremos o disco lunar meio iluminado adornando o céu. Nosso satélite natural é considerado como estando em dicotomia quando aparece iluminado pela metade pela luz do sol, enquanto uma quadratura designa a configuração quando a Lua está a 90° do Sol no céu. Vulgarmente, os termos “quadratura” e “dicotomia” costumam ser considerados sinônimos, porque esses dois eventos acontecem quase simultaneamente. No entanto, em uma quadratura, mais de 50% da Lua está iluminada, mas por uma quantidade tão pequena que é impossível de discernir visualmente.

Em torno de que hora do dia ocorreria a ascensão da Lua se estivesse na fase do último quarto? A Lua do último quarto sobe em torno da meia-noite; além disso, ela aparece em seu ponto mais alto no céu ao amanhecer e se põe em torno do meio-dia. Para obter mais informações sobre as fases da Lua e descobrir os momentos exatos do nascer e do pôr da Lua, abra o aplicativo Star Walk 2, toque no ícone de Menu no canto inferior direito da tela e acesse a seção Céu Ao Vivo.

Aliás, Saturno também atinge a sua quadratura ocidental no mesmo dia. Nesse momento, o ângulo Sol-Terra-Saturno será igual a 90°, enquanto a Terra residirá no seu vértice. Porém, ao contrário da Lua, o planeta anelado não aparecerá iluminado pela metade na quadratura. Saturno é um planeta superior (o que significa que ele orbita o Sol fora da órbita da Terra), e sempre aparece (quase) cheio na redoma do céu.

Compartilhe este artigo com seus amigos se você gostou, e acompanhe-nos nas redes sociais para se manter a par das últimas notícias do mundo da astronomia. Desejamos um céu limpo e boas observações a você!

Crédito Texto:
Crédito de imagem:Vito Technology, Inc.
Trustpilot
Star Walk 2 logotipo

Star Walk 2

Baixar na loja de aplicativos
Obtê-lo no Google Play