SpaceX lança sua primeira missão operacional

~3 min
SpaceX lança sua primeira missão operacional

Em 16 de novembro de 2020, às 0h27 GMT, a SpaceX lançará a primeira missão operacional que mais uma vez levará astronautas para a Estação Espacial Internacional - ISS. No artigo de hoje, falaremos sobre este evento emocionante e informaremos como você poderá ver a nave espacial no céu acima de você.

Histórico da missão

A SpaceX surpreendeu o mundo inteiro ao lançar sua primeira missão com tripulação humana, a Demo-2, em 30 de maio de 2020. Naquele dia, a empresa de Elon Musk provou que sua nave comercial Crew Dragon pode transportar com sucesso astronautas até a ISS - Estação Espacial Internacional - o que costumava ser uma prerrogativa apenas de espaçonaves de propriedade do governo. Em um de nossos artigos anteriores, falamos sobre este voo e explicamos como ver a Crew Dragon usando os aplicativos Star Walk 2 e Satellite Tracker.

A Demo-2 foi a missão de demonstração final, a última etapa da fase de testes. Após o sucesso da Demo-2, a Crew Dragon foi certificada pela NASA para voos regulares. A missão Crew-1 se tornará o primeiro voo operacional da nave para a ISS, ou seja, o primeiro voo regular oficial, a ser seguido por outros.

Crew-1 da SpaceX

A espaçonave construída para a missão foi batizada de Crew Dragon Resilience; ela será levada até a órbita por um foguete reutilizável Falcon 9. A espaçonave levará quatro pessoas a bordo: Os astronautas da NASA Michael Hopkins, Victor Glover e Shannon Walker, além do astronauta da Agência Japonesa de Exploração Aeroespacial - JAXA, Soichi Noguchi.

Após atracarem na ISS, os quatro astronautas vão morar e trabalhar na estação por aproximadamente 180 dias. Por volta de junho de 2021, a Resilience retornará à Terra por meio de amerissagem, para ser reutilizada posteriormente em outro voo.

Os voos Demo-2 e Crew-1 são passos enormes para o programa espacial dos EUA em particular, e para a exploração espacial humana em geral. Primeiro, ficou muito mais fácil para os EUA enviar pessoas para a ISS - nos últimos nove anos, os astronautas americanos tinham que comprar passagem nos foguetes russos Soyuz. Em segundo lugar, voos comerciais como este abrem caminho para o turismo espacial. É claro que, no início, isso será extremamente caro: a SpaceX já está oferecendo lugares em um voo da Crew Dragon - e cada lugar custa 55 milhões de dólares. Mas quem sabe, talvez em uma ou duas décadas, a tecnologia se torne mais barata e pessoas comuns também terão a chance de olhar o nosso lindo planeta de cima.

Como ver a Crew Dragon Resilience no céu?

Se o tempo permitir, a aproximação da Crew Dragon Resilience da Estação Espacial Internacional poderá ser detectada com seus próprios olhos. Para esta finalidade, você pode usar o aplicativo Star Walk 2 ou o Satellite Tracker. No Star Walk 2, toque no ícone da lupa, digite “Crew Dragon”, toque no resultado da pesquisa e você poderá ver a posição exata da nave no céu acima de você. No Satellite Tracker, toque no ícone do Satélite, digite “Crew Dragon” no campo de pesquisa e toque no resultado da pesquisa. Na tela principal, será possível ver a posição da nave no céu e o horário em que ela passará acima da sua localização.

Boa sorte com a observação!

Crédito Texto:
Crédito de imagem:SpaceX

Satellite Tracker

Satellite Tracker logotipo
Baixar na loja de aplicativos
Obtê-lo no Google Play

Star Walk 2

Star Walk 2 logotipo
Baixar na loja de aplicativos
Obtê-lo no Google Play