Marte e Plêiades em sua máxima aproximação desde o século XX

~2 min
Mars and Pleiades over rocks

Marte foi grande notícia no mês passado porque três missões exploratórias chegaram ao Planeta Vermelho em fevereiro. O rover Perseverance, da NASA, já nos enviou imagens de alta qualidade do planeta e até mesmo o registro dos verdadeiros sons marcianos. No início de março, Marte proporcionará outra visão emocionante para entusiastas da astronomia em todo o mundo e se encontrará com o aglomerado estelar brilhante Plêiades. Este será o seu encontro mais próximo até 2038. Vamos falar sobre os detalhes desse evento espetacular!

A conjunção de Marte e Plêiades

Este ano, você terá a oportunidade de observar a conjunção mais próxima de Marte e Plêiades desde 20 de janeiro de 1991. Em 3 de março de 2021, o brilhante Planeta Vermelho passará a 2,6° ao sul do aglomerado estelar de Plêiades, também conhecido como as Sete Irmãs. Em comparação, em 1991, Marte passou a 1,7° ao sul de Plêiades. Se dermos uma olhada no futuro, a próxima conjunção estreita acontecerá em 4 de fevereiro de 2038, quando Marte passará a 2,0° ao sul de Plêiades.

Quando posso observar Marte e as Plêiades?

O horário exato da conjunção é em 3 de março, às 23:26 GMT, mas isso não significa que esse seja o único momento para observação. Onde quer que você esteja, procure o Planeta Vermelho e o aglomerado das Plêiades ao cair da noite, quando a dupla brilhante ocupa o seu ponto mais alto no céu. Para avistar a aproximação, recomendamos começar a sua caçada no início da noite – em torno desse horário, Marte e as Sete Irmãs vão afundar em direção a oeste. Se você mora no Hemisfério Norte, confira a dupla celestial antes da meia-noite; no Hemisfério Sul, o planeta e o aglomerado estelar ficarão visíveis até o meio da noite.

Como identificar a conjunção Marte-Plêiades?

As Plêiades, bem como Marte, costumam ser visíveis a olho nu, mas binóculos revelarão mais estrelas desse magnífico aglomerado estelar. Um campo visual binocular costuma ser de aproximadamente 5° do céu, portanto Marte e o aglomerado Plêiades devem caber dentro de um único campo binocular durante pelo menos vários dias em torno da conjunção.

Se você não souber para onde olhar no céu, use o app Star Walk 2. Abra-o e digite “Marte” e “Plêiades” no campo de busca, e o aplicativo mostrará a posição exata dos objetos no céu.

Quando será a próxima conjunção Marte-Plêiades?

Normalmente, Marte passa pelo aglomerado Plêiades a cada dois anos; no entanto, excepcionalmente, a próxima conjunção acontecerá em agosto de 2022. Isso porque a conjunção de 2021 está acontecendo muito cedo, e, além disso, não ocorrerá nenhum movimento retrógrado de Marte entre as conjunções Marte-Plêiades de 2021 e 2022. Depois de 2022, a aproximação entre Marte e Plêiades ocorrerá a cada ano seguinte até março de 2036.

Marte ficará cada vez mais fraco e menor mês a mês, portanto não perca a oportunidade de observá-lo sempre que tiver a chance.

Desejamos um céu claro e boas observações a você!

Crédito Texto:
Crédito de imagem:Vito Technology
Star Walk 2 logotipo

Star Walk 2

Baixar na loja de aplicativos
Obtê-lo no Google Play