Aproveite a dupla brilhante de Mercúrio e Júpiter

~3 min
The Bright Duo of Mercury and Jupiter

No início de março, a bela dupla astronômica de Mercúrio e Júpiter enfeitará o céu da madrugada. Além disso, perto da data da conjunção, o evasivo planeta Mercúrio atingirá a sua maior elongação ocidental em relação ao Sol neste ano. Como observar esses planetas brilhantes e o que esperar desses eventos astronômicos? Leia para descobrir!

Conjunção de Mercúrio e Júpiter

Em 5 de março de 2021, você terá a oportunidade de assistir a um evento astronômico espetacular: a conjunção do maior e do menor planetas do Sistema Solar, Júpiter e Mercúrio. Nesse dia, por volta das 06:49 GMT, o gigante gasoso Júpiter passará 0°19’ ao sul do pequeno e veloz Mercúrio. Júpiter estará em uma magnitude de -2,0, enquanto Mercúrio terá uma magnitude de 0,1. Os planetas vão dançar entre as estrelas da constelação de Capricórnio.

Como ver Júpiter e Mercúrio? Bem, para apreciar essa bela dupla astronômica, levante-se antes do amanhecer e olhe para a parte leste ou sudeste do céu. Júpiter é o planeta mais brilhante da manhã: seu brilho supera sete vezes o de Mercúrio. Ambos os planetas podem ser vistos a olho nu, mas você também pode usar um par de binóculos para ver melhor. Aponte os binóculos em direção a Júpiter para ver Mercúrio se juntando ao gigante gasoso no mesmo campo de visão dos binóculos. Você também verá Saturno brilhando nas proximidades; embora seu brilho seja mais fraco que o de Júpiter e Mercúrio, o planeta anelado pode ser mais fácil de identificar, pois está posicionado mais alto no céu e está mais longe do brilho do crepúsculo da manhã.

A maneira mais fácil de localizar Mercúrio e Júpiter no céu acima de você é usando o guia de observação de estrelas Star Walk 2. É só digitar “Mercúrio” ou “Júpiter” no campo de busca, e o app astronômico mostrará a sua posição na cúpula do céu. Ative o Modo RA para apreciar a dupla brilhante, as estrelas, os planetas e as constelações que os cercam e que estão sobre a sua localização atual.

Mercúrio em sua elongação ocidental máxima

Já contamos sobre a elongação oriental de Mercúrio que ocorreu em janeiro de 2021. Este mês, o planeta mais interno do Sistema Solar atinge a sua elongação ocidental máxima em relação ao Sol no ano.

Em 6 de março de 2021, às 09:48 GMT, Mercúrio atingirá a sua maior separação do Sol, conforme visto da Terra. Quando é possível ver Mercúrio nos dias de hoje? Na verdade, a maior elongação ocidental é chamada de matinal, porque o planeta evasivo é melhor observado durante a manhã. O ângulo máximo de elongação de Mercúrio é entre 18° e 28° a leste ou oeste do Sol. Em 6 de março, Mercúrio estará 27,3° a oeste da estrela flamejante do Sistema Solar – essa será a separação angular máxima entre eles durante todo o ano de 2021!

Para os observadores do Hemisfério Sul, essa maior elongação de Mercúrio é o melhor momento para observar o planeta em 2021. Levante-se antes do amanhecer para ver Mercúrio brilhando bem acima do horizonte. Nas latitudes do norte, Mercúrio estará posicionado mais abaixo no céu da manhã; será mais difícil de detectá-lo, pois o crepúsculo da manhã poderá ofuscar o planeta. Quem mora na região do Extremo Norte provavelmente nem verá Mercúrio, pois ele vai subir quase que ao mesmo tempo que o Sol.

Desejamos um céu claro e boas observações a você!

Crédito Texto:
Crédito de imagem:Vito Technology
Star Walk 2 logotipo

Star Walk 2

Baixar na loja de aplicativos
Obtê-lo no Google Play