Conheça a chuva de meteoros Oriônidas de novembro

~3 min
Conheça a chuva de meteoros Oriônidas de novembro

Se você já se perguntou não só quando observar uma chuva de meteoros, mas também de onde ela vem, no que ela consiste e o que há além da atmosfera da Terra, então este artigo é para você. Além disso, preparamos uma oferta especial para você. Não perca!

Quando observar as Oriônidas de novembro

A chuva de meteoros que você pode aguardar esta semana são as Oriônidas de novembro. Essa chuva fica ativa de 13 de novembro a 6 de dezembro e produz uma taxa máxima de meteoros ao redor de 28 de novembro. Mesmo no auge de sua atividade, a quantidade máxima de meteoros que você pode ver do Hemisfério Norte é de 3 por hora. Do Hemisfério Sul, a expectativa é de 2 meteoros por hora com o céu claro.

O ponto radiante das Oriônidas de novembro está localizado na fronteira de Touro/Órion, 9 graus ao norte da estrela de 2ª magnitude conhecida como Bellatrix. Preste atenção nesta chuva de meteoros depois da meia-noite, quando seu ponto radiante fica na região mais alta acima do horizonte. Seus meteoros penetram a atmosfera da Terra a uma velocidade de 43 km/s. Considerando essa velocidade relativamente baixa, muito provavelmente não haverá nenhuma bola de fogo brilhante.

Existem opiniões diferentes sobre o corpo progenitor das Oriônidas de novembro. Algumas fontes afirmam que ele é desconhecido, porque já se desintegrou. De acordo com outros estudos, essa chuva de meteoros originou-se de um grande cometa: o C/1917 F1 (Mellish). São os detritos cósmicos desse cometa, chamados meteoroides, que estão causando a chuva de meteoros Oriônidas de novembro.

Meteoroides são os menores membros do Sistema Solar, que variam de grandes fragmentos de asteroides ou cometas a micrometeoritos extremamente pequenos. Sempre que um meteoroide entra na atmosfera da Terra, ele gera um breve lampejo de luz em movimento no céu, chamado de meteoro.

Além de meteoroides, existem asteroides, cometas, luas e planetas – e todos esses objetos são mantidos em suas respectivas órbitas pela gravidade do Sol. Se você se interessa por astronomia, deve saber como o nosso Sistema Solar funciona para entender de onde vêm todos esses eventos espetaculares e emocionantes.

Como explorar o Sistema Solar?

Para incentivá-lo a explorar o Sistema Solar, preparamos uma oferta especial de um dos nossos aplicativos mais espetaculares: Solar Walk 2. De 27 a 30 de novembro, você pode comprar o Solar Walk 2 com até 70% de desconto!

O Solar Walk 2 se tornará o seu planetário de bolso. Com a ajuda desse aplicativo, é muito fácil explorar planetas, asteroides, cometas e espaçonaves em tempo real. É um ótimo aplicativo para adultos e crianças, astrônomos amadores e novatos, para fins educativos e de entretenimento.

Além disso, é fácil e intuitivo de usar. Quando você abrir o Solar Walk 2, verá um incrível modelo 3D do nosso Sistema Solar. O aplicativo o levará automaticamente pelo espaço até o Sol – a estrela gigantesca no centro do Sistema Solar. Para saber mais sobre essa estrela flamejante, toque no ícone “i” no canto superior direito da sua tela. O aplicativo mostrará um infográfico, as principais informações, missões, eventos relacionados a esse objeto e sua estrutura interna. Para ver outros objetos celestes, use o ícone de lupa no canto inferior esquerdo da tela ou simplesmente diminua o zoom do Sol usando os dedos e toque em qualquer outro objeto.

Não perca a oportunidade de comprar a sua própria enciclopédia de bolso do Sistema Solar!

Crédito Texto:
Crédito de imagem:Lamberto Sassoli
Solar Walk 2 logotipo

Solar Walk 2

Baixar na loja de aplicativos
Obtê-lo no Google Play