Eclipse da Lua Cheia do Castor adornando o céu de novembro

~2 min
Eclipse da Lua Cheia do Castor adornando o céu de novembro

Aprecie a Lua cheia de novembro acompanhada de um eclipse lunar penumbral. Saiba quando e onde a ver, e por que a Lua cheia de novembro é chamada de Lua do Castor.

Quando ver a Lua cheia em novembro de 2020?

Na semana passada, a Lua crescente passou perto dos gigantes gasosos brilhantes Júpiter e Saturno. Esta semana, os observadores verão a Lua Cheia do Castor adornando o céu: o nosso satélite natural atingirá a sua fase cheia em 30 de novembro de 2020, às 09h30min GMT, atravessando a constelação de Touro.

A Lua cheia nasce ao pôr do sol e se põe ao nascer do sol. A Lua cheia de novembro é a terceira e última deste outono setentrional ou primavera meridional. Mas, onde quer que você viva no mundo, verá o olho sul do Touro marcado pela estrela laranja brilhante Aldebarã cintilando perto da Lua no céu da noite. Você também encontrará um espetacular aglomerado estelar aberto – as Plêiades, também conhecidas como as Sete Irmãs ou M45 – cintilando nas proximidades.

Por que é chamada de Lua Cheia do Castor?

Os nomes tradicionais dados às Luas cheias estão associados às peculiaridades de uma determinada estação ou de atividades sazonais. A Lua cheia de novembro é chamada de Lua do Castor porque os castores constroem suas barragens de inverno e preparam-se para a estação fria durante esse mês. Novembro também era considerado o melhor mês para caçar esses animais antes que eles se entocassem para o inverno. Outros nomes são a Lua Cheia da Geada e a Lua Cheia da Lamentação (na tradição pagã).

Eclipse lunar penumbral em 30 de novembro de 2020

Os observadores da América do Norte, da América Central e do norte da Ásia terão a oportunidade de testemunhar um eclipse lunar penumbral que ocorrerá em 30 de novembro de 2020, das 07h33min às 11h54min GMT. Um eclipse lunar penumbral ocorre quando o nosso satélite natural passa pela sombra tênue externa da Terra, chamada de penumbra. Consequentemente, conseguimos ver o escurecimento sutil do disco lunar.

De acordo com o astrônomo canadense Chris Vaughan, no auge do eclipse, às 09h44min GMT, a penumbra da Terra cobrirá aproximadamente 83% do disco lunar. O escurecimento sutil do limbo norte da Lua será visível somente nos primeiros 30 minutos do maior eclipse. Os observadores da América do Sul e do norte da Europa só verão as primeiras fases do eclipse, ao passo que aqueles localizados na Austrália, no Sudeste Asiático, na China e em partes da Rússia só verão as últimas fases.

O aplicativo Eclipse Guide vai ajudá-lo a observar o eclipse da Lua do Castor e a descobrir os próximos eclipses solares e lunares. Abra o aplicativo e encontre mapas animados de eclipses, os melhores pontos de visualização, o horário local, alertas de voz e outras informações necessárias para a visualização dos eclipses.

Desejamos um céu claro e boas observações a você!

Crédito Texto:
Crédito de imagem:Vito Technology
Eclipse Guide logotipo

Eclipse Guide

Baixar na loja de aplicativos
Obtê-lo no Google Play