Dia Internacional do Asteroide: história, principais fatos, atividades

~4 min
Dia Internacional do Asteroide: história, principais fatos, atividades

O 8º Dia Anual do Asteroide será realizado no dia 30 de junho. Ao observá-lo, você pode ajudar a salvar a Terra de uma séria ameaça, por isso é muito importante. Organizamos uma grande promoção para a ocasião — não perca a oferta especial!

Índice

Para aumentar os seus conhecimentos sobre asteroides, você também pode fazer o nosso quiz sobre asteroides.

Os asteroides são pequenas rochas espaciais de grande importância. O estudo dos asteroides pode ajudar os cientistas a entender como o Sistema Solar se formou. Rastrear asteroides é uma prioridade para os astrônomos por causa da ameaça potencial de colisão com a Terra. Com este teste, você pode testar seus conhecimentos sobre os asteroides e aprender novos fatos curiosos sobre eles.
Responda ao questionário!

O que é o Dia do Asteroide?

O Dia do Asteroide é uma campanha informativa global que visa educar as pessoas sobre os riscos de impactos de asteroides. As Nações Unidas o sancionaram oficialmente em 2016. Os eventos do Dia do Asteroide são realizados em todo o planeta por milhares de organizadores de eventos independentes do Dia do Asteroide.

Quando é o Dia do Asteroide?

O Dia do Asteroide é realizado anualmente em 30 de junho. Essa data é dedicada ao evento mais prejudicial relacionado a asteroides na história recente da Terra: o evento siberiano de Tunguska.

Quem fundou o Dia do Asteroide?

A ideia foi iniciada por:

  • Brian May, astrofísico e músico (guitarrista da banda de rock Queen);
  • Grigorij Richters, cineasta que escreveu e dirigiu 51 Degrees North, um filme de ficção científica sobre a queda de asteroides na Terra;
  • Danica Remy, presidente e diretora executiva da B612 Foundation, cuja missão é proteger a Terra de impactos de asteroides;
  • Russel L. Schweickart, cientista pesquisador, astronauta da NASA e cofundador da B612.

Em 2014, eles anunciaram o primeiro Dia do Asteroide e receberam amplo apoio: mais de 200 cientistas, astronautas e artistas coassinaram a Declaração do Dia do Asteroide. Em 2016, as Nações Unidas declararam-no uma data de importância internacional.

Como participar do Dia do Asteroide?

Eventos do Dia do Asteroide são realizados em todo o mundo. Você pode encontrar os eventos offline e online para a sua localização usando o mapa no site do Dia do Asteroide. É melhor conferir o site com antecedência: embora seja recomendado organizar um evento em 30 de junho, os organizadores podem escolher outra data próxima.

Se preferir ficar em casa, em qualquer dia de 1º de junho a 4 de julho você pode assistir à TV do Dia do Asteroide. Ela apresenta transmissões como “O Caso para Mapear Asteroides” ou “Hora da TED com Tudo sobre Asteroides”. Dia do Asteroide AO VIVO, a principal transmissão com conteúdo sobre asteroides e comentários de astronautas, especialistas e celebridades, vai ao ar em 30 de junho, das 9h00 às 14h00 GMT.

Mais uma maneira de participar é assinar a declaração do Dia do Asteroide, oficialmente chamada de Declaração de 100X. Ela pede o aumento da taxa de descoberta de asteroides em 100.000 (ou 100x) por ano nos próximos dez anos.

Os fundadores do Dia do Asteroide fizeram essa declaração porque a taxa atual de asteroides descobertos com um potencial de impactar a Terra é muito baixa. Mais de um milhão de asteroides pode eventualmente atingir o nosso planeta; no entanto, detectamos apenas cerca de um por cento deles. A declaração apela principalmente aos cientistas, mas todos podem participar e assiná-la.

Cada Dia do Asteroide é um evento notável para as pessoas preocupadas com impactos de asteroides e amantes da ciência e do espaço, em geral. Também decidimos participar do evento. A seu pedido, vamos reabrir o acesso Premium vitalício ao aplicativo Sky Tonight com um desconto de até 70%! Mas a oferta é por tempo limitado: você pode obtê-la apenas de 27 a 30 de junho. Depois disso, o acesso Premium estará disponível novamente apenas por assinatura. Não perca a sua chance!

Os maiores impactos de asteroides

O que aconteceria se um asteroide atingisse a Terra? Nosso infográfico mostra que a escala de destruição depende do tamanho do asteroide. Asteroides pequenos podem passar despercebidos, enquanto os maiores podem eliminar uma cidade ou uma população inteira da Terra. Descreveremos os resultados dos maiores impactos de asteroides na história da Terra.

Is there an asteroid heading for Earth? How big of an asteroid would destroy a city? Check out this infographic to learn cool facts about hazardous asteroids.
Veja Infográfico

Tunguska: achatou 80 milhões de árvores

O evento siberiano de Tunguska foi a enorme explosão que ocorreu em 30 de junho de 1908, perto do rio Tunguska Podkamennaya, no centro da Sibéria, Rússia. Presumivelmente, essa explosão foi causada por um asteroide com cerca de 50 a 100 metros de diâmetro. Estima-se que a energia dessa explosão tenha sido mil vezes mais poderosa que a bomba atômica lançada sobre Hiroshima, no Japão.

Tcheliabinsk: explodiu em áreas residenciais

Em 15 de fevereiro de 2013, um asteroide de cerca de 20 metros de diâmetro entrou na atmosfera terrestre e explodiu no céu acima da cidade de Tcheliabinsk, Rússia. Estima-se que a energia da explosão tenha sido de 20 a 30 vezes maior do que a energia da bomba atômica de Hiroshima. A onda sonora quebrou janelas e derrubou partes de edifícios em seis cidades próximas. Cerca de 1.500 pessoas ficaram feridas, principalmente pelos vidros quebrados; felizmente, nenhuma morte foi relatada. O evento viralizou nas redes sociais e provocou uma nova rodada de estudos de uma potencial ameaça de asteroide.

Chicxulub: levou os dinossauros

Como os dinossauros foram extintos? A teoria mais popular é que, 66 milhões de anos atrás, a Terra colidiu com um asteroide gigante (com cerca de 10 quilômetros de diâmetro), que deixou a cratera de impacto de Chicxulub (com cerca de 180 quilômetros de diâmetro e 20 de profundidade) no México. A onda de choque provocou terremotos, tsunamis, ventos superiores a 1000 km/h e nuvens de gases e poeira que bloquearam o Sol. Muitos dinossauros morreram devido à força explosiva, e os outros morreram posteriormente. A vegetação foi gravemente danificada; por falta de nutrição, os grandes herbívoros morreram, depois os carnívoros que se alimentavam deles.

Como impedir que um asteroide atinja a Terra?

A humanidade está trabalhando em possíveis formas de fazer isso. Anteriormente, falamos sobre a missão DART da NASA. Outras soluções também são propostas, como o trator de gravidade lenta, o uso de energia solar ou nuclear e até mesmo tinta spray. A questão é que não podemos implementá-las cinco minutos antes da colisão. Todas elas precisam de vários anos de desenvolvimento, testes e implementação adicional. Quanto mais cedo detectarmos um asteroide perigoso, mais chances teremos de salvar a Terra. É por isso que é vital observar o Dia do Asteroide, aumentar a conscientização sobre os riscos de impactos de asteroides e incentivar pesquisas.

Desejamos um céu livre de asteroides e boas observações a você!

Crédito Texto:
Crédito de imagem:Vito Technology, Inc.
Trustpilot