A Lua e Vênus agraciam o céu da manhã

~2 min
Conjunction of the Moon and Venus

Esta semana, os dois objetos celestes mais brilhantes (a Lua e Vênus) se reunirão no céu da manhã. Além disso, os observadores em algumas partes do mundo conseguirão testemunhar a ocultação lunar da “estrela da manhã”. Leia mais para saber como e quando ver esses eventos astronômicos belíssimos no céu acima de você.

Conjunção da Lua e de Vênus

Em 12 de dezembro de 2020, às 20h40min GMT, a Lua minguante passará 0°47' ao norte de Vênus. A Lua brilhará em uma magnitude de -9,5, enquanto o deslumbrante planeta Vênus estará em uma magnitude de -4,0. Você encontrará a dupla astronômica brilhante entre as estrelas da constelação de Libra.

Levante-se antes do amanhecer para observar essa bela dupla adornando a parte oriental do céu. Por serem o segundo e o terceiro corpos celestes mais brilhantes, a Lua e Vênus serão fáceis de ver, mesmo à luz da aurora. Você pode vê-los a olho nu ou através de um par de binóculos. Porém, os objetos celestes estarão muito afastados um do outro para se encaixarem dentro do campo de visão de um telescópio.

Consulte o aplicativo de observação de estrelas Star Walk 2 para descobrir os horários em que a Lua e Vênus vão nascer e se pôr para não perder esse belo encontro. Além disso, o aplicativo de observação de estrelas te ajudará a encontrá-los no céu acima de você e a apreciar as estrelas e as constelações em torno deles.

Ocultação lunar de Vênus

As ocultações lunares acontecem quando o disco lunar passa entre o observador e uma estrela ou um planeta, escondendo-o. Em 12 de dezembro de 2020, a Lua passará na frente de Vênus e causará a ocultação lunar da “estrela da manhã”. A ocultação começará às 19h18min GMT e terminará às 22h56min GMT. Os observadores da América do Norte ocidental, do Havaí, do Pacífico Norte e do nordeste da Rússia terão a oportunidade de assistir a esse evento astronômico espetacular.

Durante a ocultação, Vênus desaparecerá atrás do lado iluminado da Lua e depois reaparecerá de trás do lado escuro da Lua. Você pode usar um instrumento ótico para apreciar a ocultação. A dupla astronômica brilhante da Lua e de Vênus estará a apenas 25° a oeste do Sol; tenha muito cuidado quando olhar para a ocultação.

A Lua no perigeu

Além disso, em 12 de dezembro, às 20h42min GMT, a Lua alcançará o ponto mais próximo da Terra em sua órbita. Por essa razão, o nosso satélite natural parecerá um pouco maior do que de costume. A distância entre a Lua e a Terra varia ao longo da órbita lunar em cerca de 10%, entre 356.500 km e 406.700 km. No perigeu de 12 de dezembro, a Lua passará a uma distância de 361.000 km da Terra.

Use o aplicativo Star Walk 2 para obter informações sobre as fases da Lua e os horários em que ela nasce e se põe na sua localidade: toque na opção “Céu ao Vivo” e saiba mais sobre o nosso satélite natural.

Boas observações!

Crédito Texto:
Crédito de imagem:Vito Technology
Star Walk 2 logotipo

Star Walk 2

Baixar na loja de aplicativos
Obtê-lo no Google Play