Conjunção da Lua e Júpiter em 1º de junho

~2 min
Moon, Jupiter, Saturn, Pluto, Neptune over a lake

No dia 1º de junho de 2021, a Lua e Júpiter passarão muito próximos um do outro no céu. Veja nossa explicação sobre como e quando observar sua conjunção. Continue lendo!

O que é a conjunção da Lua e Júpiter?

Leia uma resposta detalhada sobre o que significa uma conjunção em astronomia em nosso artigo anterior. Para resumir, durante sua conjunção, a Lua e Júpiter passam muito próximos um do outro, quando vistos da Terra.

Conjunções da Lua e de Júpiter não são eventos raros — é possível observar uma praticamente todos os meses. Aqui está uma tabela de suas conjunções para a próxima estação astronômica:

  • Segunda-feira, 28 de junho, às 15h41, horário de Brasília;
  • Domingo, 25 de julho, às 22h21, horário de Brasília;
  • Domingo, 22 de agosto, às 01h56, horário de Brasília;
  • Sábado, 18 de setembro, às 03h54, horário de Brasília.

Lembrete rápido: em astronomia, estações são definidas por dois solstícios e dois equinócios. O próximo solstício de junho marcará o início do verão no hemisfério norte e, vice-versa, o início do inverno no hemisfério sul. Esta estação vai durar de 20 de junho a 22 de setembro.

Como ver a Lua e Júpiter?

No dia 1º de junho, às 06h, horário de Brasília, Júpiter estará a 4,4º ao norte da Lua. Na noite da conjunção, 59,8% da Lua estará iluminada, brilhando com uma magnitude de -12,1. O gigante gasoso terá uma magnitude de -2,5, e ambos os objetos celestes estarão posicionados na constelação de Aquário.

A Lua é, sem dúvida, um dos objetos mais fáceis de encontrar no céu noturno. Assim como o deslumbrante Júpiter, o quarto corpo celeste mais brilhante — depois do Sol, da Lua e de Vênus, respectivamente. Dependendo do seu fuso horário, o momento exato da conjunção pode não estar visível para você; no entanto, ainda será possível ver Júpiter passando muito perto do nosso satélite natural. Assim sendo, comece suas observações um pouco antes do amanhecer e deixe a Lua ser seu ponto de referência.

Se o clima estiver favorável, você poderá localizar o moderadamente brilhante Saturno aproximadamente na mesma ocasião. Embora Saturno brilhe como uma estrela de 1ª magnitude, é provável que você precise de binóculos para vê-lo com mais clareza.

Em um determinado momento, Plutão e Netuno (nenhum dos dois pode ser observado a olho nu) quase se alinharão com os vizinhos muito mais brilhantes acima do horizonte. Para ver essa configuração, use o guia de observação das estrelas Star Walk 2. Seu recurso Time Machine o ajudará a planejar observações com antecedência: basta tocar no ícone do relógio no canto superior direito da tela para viajar no tempo para frente (ou para trás) para ver o céu em momentos diferentes.

Com votos de céus claros e boas observações!

Crédito Texto:
Crédito de imagem:Vito Technology
Star Walk 2 logotipo

Star Walk 2

Baixar na loja de aplicativos
Obtê-lo no Google Play