Guia das chuvas de meteoros de janeiro de 2022

~2 min
Guia das chuvas de meteoros de janeiro de 2022

Em janeiro de 2022, duas chuvas de meteoros atingirão seus picos de atividade. Continue lendo para saber quando é o melhor momento para observá-las no céu.

Você também pode responder ao nosso quiz sobre estrelas cadentes e conferir dicas úteis sobre como caçar meteoros.

3 de janeiro: Quadrântidas

  • THZ: 120
  • Iluminação da Lua: 0%
  • Período de atividade: 28 de dezembro a 12 de janeiro
  • Localização do radiante: constelação do Boieiro
  • Visível a partir do: Hemisfério Norte

O ano de 2022 começa com as Quadrântidas. Essa chuva de meteoros pode produzir até 120 meteoros por hora, mas a taxa horária média não excede 25 meteoros. Em 2022, o auge das Quadrântidas ocorre apenas um dia após a Lua Nova, então as condições de visualização serão ideais se o céu estiver limpo. De acordo com a Organização Internacional de Meteoros, o horário exato da atividade máxima da chuva será 20h40 GMT. O auge vai durar apenas cerca de 4 horas, então não perca!

18 de janeiro: Gamma Ursae Minorídeas

  • THZ: 3
  • Iluminação da Lua: 99%
  • Período de atividade: 10 a 22 de janeiro
  • Localização do radiante: constelação de Ursa Menor
  • Visível a partir do: Hemisfério Norte

As Gamma Ursae Minorídeas (y-Ursae Minorídeas) não têm muito motivo de orgulho: são um fluxo fraco de meteoros, com uma taxa de pico de apenas três meteoros por hora. Além disso, este ano, a Lua Cheia brilhando no céu durante o pico da chuva pode facilmente arruinar as suas observações. A boa notícia é que a Lua estará posicionada longe do radiante da chuva, então você ainda pode conseguir avistar alguns meteoros.

Para qualquer chuva de meteoros, quanto mais alto o radiante no céu, maior a probabilidade de ver meteoros. Se você quiser descobrir a posição do radiante (bem como a fase da Lua em qualquer data escolhida), use nossos aplicativos de observação das estrelas: Star Walk 2 ou Sky Tonight.

Embora o início de 2022 não ofereça muito em termos de chuvas de meteoros prolíficas, uma agradável surpresa pode estar nos esperando ainda este ano. Em 31 de maio, espera-se que ocorra uma rara tempestade de meteoros, pois grandes quantidades de poeira liberada do cometa 73P/Schwassmann-Wachmann 3 queimarão na atmosfera da Terra. Esse evento espetacular será mais visível em partes da América do Norte e em toda a América Central. Vamos manter você a par do evento à medida que mais dados estiverem disponíveis.

Com votos de céus claros e boas observações!

Crédito Texto:
Crédito de imagem:Vito Technology, Inc.
Trustpilot