A Lua, Marte e Urano se reúnem no céu da noite

~2 min
The Moon, Mars, and Uranus in January

Na semana passada, os observadores tiveram a oportunidade de desfrutar da espetacular dupla formada pela fina Lua crescente e pelo evasivo planeta Mercúrio. O evento astronômico fascinante que nos espera esta semana será o encontro da Lua, Marte e Urano no céu da noite. Quer saber como e quando ver esse belo trio astronômico? Continue lendo!

Estreita aproximação entre a Lua, Marte e Urano

A estreita aproximação entre a Lua, Marte e Urano acontecerá em 21 de janeiro de 2021, às 09:49 GMT. Nosso satélite natural, o planeta vermelho e o gigante gelado azul-esverdeado se reunirão na constelação de Áries, brilhando com magnitudes de -11,9, 0,2 e 5,8, respectivamente.

Esta semana, a Lua chegará à fase do primeiro quarto – isso acontecerá no dia 20 de janeiro, às 21:02 GMT. Marte brilha tão intensamente quanto a maioria das estrelas mais brilhantes do céu; o planeta vermelho atinge o seu ponto mais alto no céu em torno das 19 horas locais. Você pode vê-lo facilmente a olho nu como uma “estrela” avermelhada brilhando nas imediações da Lua. Por outro lado, o distante planeta Urano será quase impossível de ver a olho nu. O gigante gelado é mais de 150 vezes mais fraco do que Marte. Use binóculos ou um telescópio de quintal para avistá-lo.

Além disso, em 21 de janeiro, às 23:34 GMT, Marte vai passar a 1°43' a norte de Urano. Os planetas estarão perto o suficiente um do outro para caberem num único campo de visão binocular durante a próxima semana. Não perca a oportunidade de testemunhar essa dupla astronômica facilmente visível através de um pequeno telescópio!

Aproveite o guia de observação de estrelas Star Walk 2 para encontrar com facilidade a Lua, Marte e Urano no céu acima de você. Descubra o que está acontecendo com a Lua esta noite, saiba quais planetas estão visíveis a partir da sua localização e obtenha mais informações sobre as fases da Lua com o Star Walk 2!

Marte e Urano na quadratura oriental

Nas próximas semanas, Urano e, em seguida, Marte, atingirão a quadratura oriental, situando-se a 90° a leste do Sol. O termo “quadratura” é aplicado à posição de um planeta superior (situado mais longe do Sol do que a Terra) ou da Lua em seu primeiro e último quartos. Na quadratura, a posição de um planeta superior faz um ângulo reto com a do Sol, conforme visto da Terra.

Os planetas superiores são melhor vistos em oposições, quando a longitude celeste ou elongação de um planeta difere em 180° da do Sol. Nas quadraturas, um planeta superior mostra sua fase minguante, de modo que os observadores na Terra podem ver mais da metade do disco iluminado, mas não o disco todo.

O gigante gelado Urano estará na quadratura oriental em 26 de janeiro, enquanto o planeta vermelho chegará à quadratura cerca de uma semana mais tarde, em 1º de fevereiro. Um telescópio revelará Marte em sua menor fase em torno da quadratura, embora o seu disco aparecerá 89% iluminado pelo Sol.

Desejamos um céu claro e boas observações a você!

Crédito Texto:
Crédito de imagem:Vito Technology
Star Walk 2 logotipo

Star Walk 2

Baixar na loja de aplicativos
Obtê-lo no Google Play