Lua Cheia em agosto de 2021: por que é chamada de Lua Azul?

~4 min
Lua Cheia em agosto de 2021: por que é chamada de Lua Azul?

A Lua Cheia de agosto será especial: não só será uma Lua Azul rara, como também vai brilhar na vizinhança de Júpiter e de Saturno, que estarão excepcionalmente brilhantes este mês! Leia mais para descobrir o que é uma Lua Azul, por que a Lua Cheia também é chamada de Lua do Esturjão e quando observar a dança do nosso satélite natural com os gigantes gasosos brilhantes.

Índice

O que significa a Lua Azul?

A Lua Azul pode ser definida como a segunda Lua Cheia em um mês-calendário com duas Luas Cheias (definição mensal) ou a terceira Lua Cheia da estação com quatro Luas Cheias (definição sazonal). A Lua Cheia de agosto se enquadra na segunda definição. Você pode saber mais sobre a Lua Azul no nosso artigo anterior.

Aliás, o termo "Lua Azul" não tem relação com a cor real do nosso satélite natural. Esse nome tradicional só destaca a raridade do fenômeno descrito acima. Em 22 de agosto, o disco lunar brilhará num tom dourado perto do horizonte e parecerá branco, brilhando alto no céu.

Quando será a próxima Lua Azul?

Em 2022, não haverá nenhuma Lua Azul. Em agosto de 2023, poderemos observar a Lua Azul do calendário; além disso, será uma Superlua! A próxima Lua Azul sazonal só vai adornar nossos céus em dezembro de 2025. Então, não perca a chance de testemunhar esse fenômeno raro este mês!

A Lua alguma vez fica mesmo azul?

Como já mencionamos acima, a Lua Azul de agosto terá azul apenas no nome. No entanto, às vezes a Lua realmente fica azul! Por exemplo, devido à explosão do famoso vulcão Krakatoa em 1883, cinzas e pó lançaram uma manta ao redor de todo o planeta; a atmosfera empoeirada causou um efeito visual curioso: ao longo do ano, as pessoas podiam ver nasceres e pores do sol verdes e a Lua azul. Nosso satélite natural fica com alguma outra cor? Faça o nosso quiz fascinante sobre as cores da Lua para descobrir!

O que é uma Lua Cheia do Esturjão?

Os nomes tradicionais para as Luas Cheias originam-se das culturas ameríndias, americanas coloniais e europeias, e refletem peculiaridades das estações do ano. A Lua Cheia de agosto é conhecida pelo nome de Lua do Esturjão, batizada em homenagem ao maior peixe de água doce dos Estados Unidos, o esturjão. Nesta época do ano, era fácil pescar esse peixe de aparência pré-histórica nos Grandes Lagos da América do Norte.

Outros nomes para a Lua de agosto

Existem vários outros nomes para a Lua Cheia de agosto entre diferentes culturas e regiões.

  • Ameríndios: Lua do Esturjão
  • Cree: Lua do Voo Alto
  • Assiniboine: Lua das Cerejas Negras
  • Algonquin: Lua do Milho
  • Anishinaabe: Lua do Arroz
  • Cherokee: Lua das Frutas
  • Choctaw: Lua das Mulheres
  • Tlingit: Lua das Sombras da Montanha
  • Celtas: Lua da Disputa
  • Americanos coloniais: Lua do Dia de Cão
  • Hemisfério Sul: Lua de Neve, Lua de Tempestade, Lua da Fome, Lua do Lobo.

Quando é a Lua Cheia em agosto?

A Lua vai chegar oficialmente à sua fase cheia em 22 de agosto de 2021, às 12:01 GMT. No entanto, para o olho nu, o disco lunar parecerá estar cheio várias noites seguidas. A Lua Cheia de agosto iluminará o céu após o crepúsculo, atingirá o seu ponto mais alto no céu em torno da meia-noite e vai se pôr próximo do nascer do sol. No momento em que atingir a fase cheia, a Lua vai brilhar intensamente entre as estrelas de Aquário.

Quando será a próxima Lua Cheia?

A próxima Lua Cheia enfeitará o céu em 20 de setembro. Será a Lua Cheia mais próxima do equinócio de setembro e, portanto, terá o nome de Lua da Colheita. A Lua Cheia que ocorre nessa época do ano coincide com as colheitas e, segundo a tradição, ajudava os agricultores a trabalhar durante a noite.

A Lua Azul dança com os gigantes gasosos deslumbrantes

Agosto dará aos entusiastas da astronomia uma rara oportunidade de ver a dança da Lua Azul com os gigantes gasosos excepcionalmente brilhantes. A Lua Azul do Esturjão segue de perto a oposição de Júpiter, que ocorreu em 19 de agosto; próximo da oposição, o planeta aparece no auge do seu brilho e tamanho no céu. Saturno, que atingiu a oposição em 2 de agosto, também continua a brilhar intensamente.

A conjunção da Lua e do planeta anelado, Saturno, ocorrerá em 20 de agosto às 22:15 GMT; em seguida, em 22 de agosto, às 04:56 GMT, o nosso satélite natural vai se encontrar com outro gigante gasoso, Júpiter. Observe que, embora indiquemos a hora e a data exatas das conjunções, não é o único momento em que os objetos celestes podem ser vistos relativamente próximos.

Use nossos aplicativos de observação astronômica para conferir a fase da Lua, encontrar e identificar com facilidade Saturno e Júpiter no céu acima de você. Além disso, os aplicativos astronômicos ajudam a determinar o melhor momento de visualização na sua localização e a descobrir belas constelações e outros objetos celestes que cercam nosso satélite natural e os gigantes gasosos esses dias.

Com votos de céus claros e boas observações!

Crédito Texto:
Crédito de imagem:Vito Technology, Inc.